domingo, 4 de agosto de 2019

Tudo é possível na política, embora nem tudo possa acontecer

CRISE ECONÔMICA NOS MUNICÍPIOS PODE LEVAR O PREFEITO LUIS GALVÃO A APOIAR UM NOME DE CONSENSO PARA SUA SUCESSÃO

A imagem pode conter: Luiz Galvão, sorrindo, close-up

Já que em política tudo é possível, ninguém se surpreenda se houver uma reviravolta e seja mudado o quadro sucessório em Juru, no Sertão da Paraíba, com o prefeito Luis Galvão decidindo apoiar alguém de forma consensual para substituí-lo no comando do município, cujo nome não seria difícil encontrar, uma vez que não existe a palavra "impossível" no ramo político.
Aliás, diante da crise econômica que os atuais gestores enfrentam atualmente, há quem diga, inclusive, que o acirramento de uma disputa eleitoral nesse momento não seria saudável e salutar para o restabelecimento financeiro do município. Haveria, portanto, a necessidade de uma distensão política, com o posicionamento dos principais personagens desprovido de projetos pessoais e voltado exclusivamente para os interessees de Juru e sua gente.  
Como ensina um velho adágio, "em política, o impossível é boi voar", expressão surgida em Pernambuco, durante o domínio holandês, quando o conde Maurício de Nassau - então governante pernaambucano - prometeu mostrar ao povo de Mauricéia (hoje Recife), durante a inauguração de uma ponte, um boi atravessando o rio Capibaribe pelo ar, coisa que parecia impossível. 
Aconteceu. Não com um boi de verdade, mas com um similar empalhado.
Assim é a vida política, bem diferente do que a massa esquecida pensa e alcança ao arengar todos os dias nas redes sociais, enquanto a porta do diálogo nem sempre é fechada pelos políticos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário