segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Número de mortes causadas pela Covid-19 no Brasil ultrapassa 157 mil

NOVO CORONAVÍRUS: Brasil chega a 157.163 mortos por Covid-19 neste domingo, 25 de outubro

Os dados coletados pelo consórcio mostram ainda que a média diária de mortes nos últimos sete dias causadas pelo novo coronavírus foi de 468, mantendo a trajetória de queda.

Desde março, ao menos 5.393.759 contraíram a doença, somados 12.535 novos registros nas últimas 24 horas -  (Foto: Secom-PB/Arquivo)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de mortes causadas pela Covid-19 no Brasil chegou a 157.163 neste domingo (25), após 237 novos registros de óbitos. Desde março, ao menos 5.393.759 contraíram a doença, somados 12.535 novos registros nas últimas 24 horas.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os dados coletados pelo consórcio mostram ainda que a média diária de mortes nos últimos sete dias causadas pelo novo coronavírus foi de 468, mantendo a trajetória de queda. Há duas semanas, essa média foi de 604, e há quatro semanas, de 697.

O recurso estatístico permite enxergar melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão.

Desde 30 de setembro o país está em estágio de desaceleração da doença, segundo monitor mantido pela Folha, quando passou a ter média móvel de 26,5 mil novos casos por dia - número que vem baixando.

Já os dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo apontam 13.493 novos casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24h, com 231 mortes.

Em geral, um número menor de casos e mortes aos domingos e segundas-feiras já é esperado devido a haver menos equipes nos laboratórios aos finais de semana. O ministério também tem apontado uma tendência de queda na curva de casos e mortes no país.

Com isso, o total registrado no balanço federal já chega a 5.394.128 casos da doença desde fevereiro, com 157.134 óbitos. Há, ainda, 2.390 mortes em investigação.

ClickPB com FolhaPress

Parturiente surta e arranca parte do dedo da médica que lhe atendeu

Após parto mulher surta ao saber que recebeu alta antes do bebê e arranca  parte do dedo da médica com dentada

Após parto mulher surta e arranca dedo da médica com dentada

Uma médica teve parte do seu dedo arrancado após uma paciente morder seu dedo. A mulher tinha recebido alta antes do seu bebê e surtou ao saber disso. O surto psicótico aconteceu na última quarta-feira (21), no Hospital Maternidade Almeida Castro, em Mossoró.

De acordo com a assessoria da unidade médica, a suspeita deu à luz na madrugada da terça-feira (20), recebendo alta 24 horas após o parto, como acontece normalmente.

O recém-nascido não recebeu alta com a mãe, ele estava com dificuldade para respirar, e por isso precisou ficar por 72 horas. 

Quando a mãe recebeu a noticia a mulher ficou alterada, foi até o berçário onde estava o bebê e quando a médica tentou lhe acalmar, ela mordeu o dedo indicador da profissional. Segundo a assessoria a dentada foi grande,  a cartilagem do dedo ficou exposta e a médica foi levada para sala de cirurgia. A ponta do dedo precisou ser removida em virtude da gravidade.

A suspeita foi encaminhada para uma unidade de saúde psiquiátrica.

O bebê recebeu alta e está sob tutela da mãe.

Fonte: Polêmica Paraíba - Créditos: AGORA RN - Publicado por: Rebeka Melo

Participação de Bolsonaro e Lula nas eleições municipais

Nenhum dos candidatos a prefeito apoiados por Lula ou Bolsonaro nas capitais brasileiras é líder nas pesquisas

Sucessão do papa Francisco

Papa Francisco escolhe 13 novos cardeais e dá sinais de preparar sucessão

13764 5C5EBF8CFC4B8F98 1024x630 - Papa Francisco escolhe 13 novos cardeais e dá sinais de preparar sucessão

O papa Francisco anunciou neste domingo (25) que vai nomear 13 novos cardeais. Nove deles têm menos de 80 anos e serão elegíveis para entrar em um conclave para escolher o sucessor do papa após sua morte ou renúncia.

Os novos cardeais serão elevados ao alto escalão em uma cerimônia conhecida como consistório no Vaticano no dia 28 de novembro. Os nomes vêm de todo o mundo e aumentam a possibilidade de que o próximo papa seja uma pessoa que dará continuidade às políticas de Francisco. Recentemente o papa se tornou notícia por demostrar apoio à união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Entre os que têm menos de 80 anos está o arcebispo Wilton Gregory de Washington, D.C., que será o primeiro cardeal afro-americano. Os quatro com mais de 80 anos estão sendo elevados ao alto escalão por causa de seu longo serviço à Igreja. De acordo com as regras da Igreja Católica, eles não podem participar de um possível conclave.

Dois dos novos cardeais servem à Igreja na América Latina: o arcebispo de Santiago, Chile, Celestino Aós Braco, e Felipe Arizmendi Esquivel, arcebispo emérito de San Cristóbal de Las Casas, no México.

O papa fez o anúncio surpresa ao final do Angelus, oração dominical em que ele se dirige aos peregrinos de sua janela com vista para a Praça de São Pedro.

Ainda não está claro se o aumento das restrições por causa da segunda onda de coronavírus na Itália pode interferir na cerimônia.

Confira o nome dos 13 novos cardeais:

Dom Mario Grech, secretário-geral do Sínodo dos Bispos

Dom Marcello Semeraro, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos

Dom Antoine Kambanda, arcebispo de Kigali, Ruanda

Dom Wilton Gregory, arcebispo de Washington

Dom José Advincula, arcebispo de Capiz, Filipinas

Dom Celestino Aós Braco, arcebispo de Santiago, Chile

Dom Cornelius Sim, bispo titular de Puzia di Numidia e vigário Apostólico de Brunei, Kuala Lumpur

Dom Augusto Paolo Lojudice, arcebispo de Siena-Colle Val d’Elsa-Montalcino

Frei Mauro Gambetti, franciscano conventual, guardião da Comunidade franciscana de Assis

Dom Felipe Arizmendi Esquivel, bispo emérito de San Cristóbal de las Casas, México

Dom Silvano M. Tomasi, arcebispo titular de Asolo, núncio apostólico

Frei Raniero Cantalamessa, capuchinho, pregador da Casa Pontifícia;

Mons. Enrico Feroci, pároco em Santa Maria do Divino Amore em Castel di Leva.

Fonte: CNN Brasil - Publicado por: Fabricia Oliveira

Continua a onda de assaltos em Juru, no Sertão paraibano

SUSPEITOS PERSEGUEM MULHER EM JURU, NA PARAÍBA, NA TENTATIVA DE ROUBAR TELEFONE CELULAR

Travessa João Silvério da Silva, que cruza as ruas Antônio de Sousa Lima, Ademar Simôa, Major Inocêncio Nóbrega, Antônio Luiz Leite, Severino Barbosa e Belarmino Francisco Pires, em Juru - PB

Sem querer fazer alarde, mas já alardeando, a respeito da onda de assaltos ocorridos recentemente em Juru, no Sertão da Paraíba, principalmente na zona rural do município, o Blog JURU EM DESTAQUE noticia uma tentativa de roubo que aconteceu no cruzamento da Rua Major Inocêncio Nóbrega com a Travessa João Silvério da Silva, próximo a Igreja de São Sebastião.

O fato aconteceu essa semana, quando uma jovem senhora retornava para sua casa acompanhada de uma criança e foi seguida por dois suspeitos. Segundo ela, eles pretendiam tomar o seu telefone celular e só não o fizeram porque ela retornou para casa do seu pai, que fica na Rua Manoel Prudente, e abandonou no meio da rua uma garrafa de leite que levava. 

Nessas mesmas imediações, diga-se de passagem, já aconteceram dois roubos de aparelhos celulares, ambos praticados por ladrões armados. No primeiro caso, um adolescente filho do senhor Inocêncio Gomes, conhecido por Pelé, foi abordado com uma arma de fogo apontada para sua cabeça para que ele entregasse o celular que o seu pai havia comprado há poucos dias por R$ 600. Já no segundo, uma cunhada do comerciante Louro Cabeleireiro teve que entregar o celular para um assaltante que lhe ameaçava com um revólver.

Nos dois casos, acontecidos no início da noite, os ladrões chegaram de repente em uma motocicleta com um comparsa na garupa da moto e se mostravam agressivos.

Única cidade da Paraíba com apenas um candidato a prefeito

São José do Sabugi é a única cidade da Paraíba com apenas um candidato a prefeito nas eleições 2020

A cidade de São José do Sabugi, no Sertão paraibano, vai ter só um candidato a prefeito nas eleições 2020, de acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O atual prefeito, Segundo Domiciano (DEM), vai tentar a reeleição em uma chapa com o atual vice-prefeito, Tantico (Cidadania). Dos 223 municípios do estado, São José do Sabugi é o único com apenas um candidato.

Segundo a plataforma DivulgaCand, do TSE, foram feitas quatro convenções partidárias no município este ano. O PT e o PSDB, em suas convenções, optaram por não lançar nenhum candidato a prefeito nem a vice-prefeito. Já o DEM e o Cidadania resolveram concorrer coligados.

Em 2016, a chapa eleita concorreu apenas com outra chapa, encabeçada por Karine Cabrall (PSD). O G1 entrou em contato com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, presidente do diretório estadual do PSD, que é oposição na cidade. Ele informou que a sigla pretendia lançar candidatura este ano, e que vai se informar com o diretório municipal do PSD para saber o que aconteceu.

Conforme a Lei das Eleições, um candidato precisa, para ser eleito, de 50% dos votos válidos mais um. Votos brancos e nulos não contam como válidos.

No caso de municípios com apenas um concorrente, basta um único voto válido para que o candidato seja eleito. Na prática, portanto, Segundo Domiciano só precisa do próprio voto para assegurar mais quatro anos de mandato.

O primeiro turno das eleições será em 15 de novembro. O segundo turno, nas cidades em que for necessário, está marcado 29 de novembro.

Foto: Reprodução – TSE

Blog JURU EM DESTAQUE com G1/PB

Morte em busca de um corpo perfeito

Nutricionista de apenas 34 anos de idade, morre após procedimento estético "suspeito"

Patrícia Rodrigues dos Santos, nutricionista, de apenas 34 anos de idade, morreu após fazer um procedimento estético. Conforme informações do G1, Patrícia procurou uma clínica, no Alcântara, para fazer preenchimentos nos glúteos, teve complicações e veio a óbito. O corpo da nutricionista foi sepultado em Niterói.

Patricia Rodrigues dos Santos teria aplicado silicone industrial nos glúteos

Ainda de acordo com informações, ela procurou um massoterapeuta e aplicou silicone industrial na região dos glúteos. Após o procedimento, Patrícia começou a reclamar de enjoo e, logo em seguida, precisou ser internada no Pronto-Socorro de São Gonçalo, onde morreu na última quarta-feira.

De acordo com a Polícia Civil, Patrícia pagou R$ 2.151,80 pelo procedimento.

O massoterapeuta irá responder por exercício ilegal de profissão e pode responder também, por homicídio doloso.

Jornal do País - Foto principal: Carlos Magno

domingo, 25 de outubro de 2020

Candidato a vereador de Juru desmente informações falsas dos seus concorrentes

VANILDO RICARTE APRESENTA SENTENÇA DO DEFERIMENTO DE REGISTRO DE CANDIDATURA AO CARGO DE VEREADOR PARA DESMENTIR INFORMAÇÕES FALSAS   

Na falta de serviços prestados ou de propostas para apresentar ao eleitor, tem gente fazendo uso de práticas pouco recomendáveis para se sair bem na política. Isso, segundo informações, estaria acontecendo em Juru, no Sertão da Paraíba.

Foi o que afirmou ao Blog JURU EM DESTAQUE, neste sábado, 24, o candidato a vereador Vanildo Ricarte. Segundo ele, alguns postulantes a uma vaga na Câmara Municipal de Juru estariam divulgando no município que o pedido de registro da sua candidatura havia sido impugnado.

"É vergonhoso o que alguns candidatos a vereador estão fazendo, mentindo quando alguns eleitores dizem que votam em mim. Enquanto eles dizem que minha candidatura foi indeferida, eu mostro a sentença do juiz que desmente o que eles dizem. Eles agem assim porque não fazem o que eu faço pelos eleitores", disse Vanildo Ricarte. 

Vanildo não só reafirma a sua participação no pleito municipal de 15 de novembro pelo partido Cidadania, como também encaminhou ao blog uma cópia da sentença judicial que deferiu o seu pedido de registro de candidatura tornando-o apto para concorrer ao cargo de vereador, sob o número 23444, no município de Juru.

De acordo com o Juiz Eleitoral da 74ª Zona, Dr. Mathews Francisco de Souza do Amaral, o candidato José Vanildo Eufrásio da Rocha (Vanildo Ricarte) fez juntada dos documentos exigidos pela legislação em vigor, tendo decorrido o prazo legal sem impugnação, com o Ministério Público Eleitoral se manifestando favoravelmente ao deferimento do pedido.

"As condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade", sentenciou o juiz na análise do pedido de registro de candidatura de Vanildo. 

Aviso aos 'navegantes': Pelo visto, mentiras têm pernas curtas e, certamente, não renderão votos!

Covid-19 mata candidata a vice-prefeita

Paraibana, candidata a vice-prefeita pelo MDB na capital de Roraima morre após contrair Covid-19

imagem - Paraibana, candidata a vice-prefeita pelo MDB morre após contrair Covid-19

A candidata a vice-prefeita de Boa Vista, capital de Roraima, na chapa do MDB, Edileusa Loz, morreu aos 57 anos, vítima da covid-19, na manhã deste domingo (25). A informação da morte foi divulgada pelo comitê de campanha do candidato a prefeito, Arthur Henrique (MDB), com quem Edileusa concorria no pleito. A coligação suspendeu as atividades de campanha por 24h.

“A coligação ‘O Trabalho Continua’ e o MDB lamentam informar o falecimento de nossa candidata a vice-prefeita, Edileusa Loz. Edileusa faleceu no dia de hoje em decorrência da covid-19. A campanha de nossa coligação, em todas as suas frentes, será suspensa pelas próximas 24 horas”, comunicou a nota.

Edileuza Loz estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Geral de Roraima (HGR) desde a última quarta-feira (21). Ela deixa marido e filhos. Ela nasceu na Paraíba e morava em Roraima há 20 anos. Edileuza era formada em Administração, pós-graduada em Gestão Social e especialista em Gestão Social e Políticas Públicas.

A candidata foi apresentada como a vice-prefeita do candidato Arthur Henrique no dia 15 de setembro, durante convenção virtual.

Fonte: Espaço PB - Publicado por: Fabricia Oliveira

Carro desce ladeira no interior da Paraíba e mata o próprio dono

TRAGÉDIA: Engenheiro civil morre atropelado pelo próprio carro em Serra da Raiz, na Paraíba

acidente 4 - TRAGÉDIA: Engenheiro civil morre atropelado pelo próprio carro em Serra da Raiz, na PB

Um engenheiro civil faleceu na noite da última terça-feira (20) ao ser atropelado pelo seu próprio carro, no município de Serra da Raiz, na Paraíba. A vítima morava em João Pessoa e estava construindo uma pousada na cidade em que ocorreu o acidente.

Ele estacionou seu veículo, um Jeep Troller, e ao descer verificou que o carro começou a descer uma ladeira. Ao tentar segurar o veículo junto com um trabalhador, a vítima foi atingida e faleceu na hora.

O veículo envolvido na tragédia tem um peso de mais de 2 mil quilos e teria passado sobre a vítima, que é natural da cidade Conceição, no Vale do Piancó. O Samu ainda foi acionado, mas apenas constatou o óbito.

Publicado por: Larissa Freitas

Ronaldingo Gaúcho testa positivo para Covid-19

Assintomático, ex-jogador Ronaldinho Gaúcho faz exames e testa positivo para Covid-19;  ele diz que está bem

BB18mjkx - Ronaldinho Gaúcho testa positivo para COVID-19

O ex-jogador iria encontrar torcedores do Atlético-MG – com quem conquistou a Conmebol Libertadores de 2013 – no Mineirão em iniciativa da 'Meu Galo Auto Truck'.

Em vídeo, o pentacampeão anunciou, porém, que não será possível ir ao evento.

“Olá, associados da Auto Truck. Estou em BH desde ontem (sábado), vim para participar do evento da bola, e a pedido da Auto Truck fiz os exames e testei positivo pro Covid-19. Estou bem, assintomático, mas vamos ter que deixar o evento para em breve. Em breve estaremos juntos aí. Grande abraço”, diz a mensagem.

Ronaldinho já teve um 2020 atribulado após passar meses (entre março e setembro) preso no Paraguai por ter entrado no país vizinho com documentos falsos. 

UOL - Publicado por: Larissa Freitas

Dinheiro escondido por políticos

DE CUECA E CAIXAS A PANELA: Em 15 anos, Polícia Federal encontrou mais de R$ 63 milhões com políticos

Capturar.JPGj  1 - DE CUECA A PANELA: Em 15 anos, Polícia Federal encontrou mais de R$ 63 milhões com políticos

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) virou assunto nas últimas semanas após ser flagrado pela Polícia Federal, no dia 14 de outubro, com dinheiro escondido na cueca, “um ato de impulso”, segundo ele. Apesar de ter escolhido justo as partes íntimas para omitir as notas, o modus operandi não é nenhuma grande novidade no Brasil.

A equipe M(Dados), grupo de jornalismo de dados do Metrópoles, fez as contas: nos últimos 15 anos, a Polícia Federal já flagrou – em apartamentos, cuecas, caixas e até panelas – mais de R$ 63 milhões em dinheiro vivo com políticos, assessores e operadores financeiros. Para ter uma noção real da quantia, o montante equivaleria hoje a quase R$ 92 milhões, se corrigido pela inflação.

Assim como no caso do senador democrata, o candidato a vereador Edilvan Messias dos Santos, o “Vanzinho de Altos Mares” (PSD), foi preso na quinta-feira (22/10) com R$ 15,3 mil escondidos na cueca, em Carira (SE). A suspeita é de que ele estava comprando votos. No entanto, 15 anos antes do flagrante de Rodrigues e Messias dos Santos, José Adalberto Vieira, assessor do então deputado José Guimarães (PT), já havia lançado a “moda”. Ele foi pego por agentes da PF no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com mais de 100 mil dólares nas roupas íntimas e R$ 209 mil em uma mala.

No fim do ano passado, João Bosco Nonato Fernandes (PSDB), ex-prefeito de Uiraúna (PB), também usou o método para esconder notas de dinheiro. Durante Operação Pés de Barro, que investiga fraudes em pagamentos e obras superfaturadas no sertão paraibano, policiais flagraram, em vídeo, momento em que o político aparece colocando R$ 25 mil entre as pernas.

Nem só de cuecas, no entanto, vive o homem. Em maio de 2018, R$ 80 mil foram encontrados dentro de uma panela no armário da cozinha de Átila Jacomussi (PSB), ex-prefeito de Mauá (SP), alvo da Operação Prato Feito, que investigou desvios de recursos públicos de merenda. E a investida segue a todo vapor. Durante a pandemia, a polícia encontrou R$ 750 mil – montante que supostamente deveria ser utilizado pelo governo do Pará para compra de respiradores – dentro de uma caixa térmica na casa do secretário adjunto de gestão administrativa de Saúde do estado, Peter Cassol. O dinheiro estava enrolado em jornais.

E não para por aí. O advogado Mateus de Moura Lima, apontado como um dos operadores financeiros de Antônio Andrade (MDB), então vice-governador de Minas Gerais e um dos presos na Operação Capitu, deflagrada em 2018 pela Polícia Federal no estado, escondeu R$ 3 mil reais na privada de sua casa para evitar o flagrante.

Na rua, na casa e no hotel

No ranking de apreensão de dinheiro vivo no Brasil, o primeiro lugar é de Geddel Vieira Lima (MDB), ex-ministro do então presidente Michel Temer e figura próxima do ex-chefe de Estado. Em setembro de 2017, a Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões em caixas e malas no famoso “bunker”, apartamento em Salvador cedido ao político.

O segundo lugar é do ex-prefeito de Mongaguá (SP) Artur Parada Prócida (PSDB), que guardava, em 2018, mais de R$ 5,3 milhões, entre reais e dólares, no guarda-roupa da casa em que morava. O tucano figurou entres os alvos da mencionada operação do “dinheiro na panela”. Um ano depois, ele foi absolvido pela Justiça Federal do crime de lavagem de dinheiro. De acordo com a sentença, o dinheiro apreendido não configuraria o crime pelo qual se deu a denúncia, independentemente de a quantia ser ou não de origem ilícita.

Para fechar o pódio, o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR), assessor do então presidente Michel Temer. Em 2018, ele foi filmado no meio da rua, saindo de uma pizzaria de São Paulo, com uma mala de rodinhas contendo R$ 500 mil de propina da J&F.

Outros casos de repercussão

Em fevereiro de 2019, a Polícia Federal encontrou R$ 216 mil no apartamento de Paulo Vieira, o Paulo Preto, ex-diretor da empresa paulista de infraestrutura rodoviária Dersa e identificado pela PF como operador do PSDB. Segundo investigações do Ministério Público Federal, o “esconderijo” já guardou cerca de R$ 100 milhões em dinheiro vivo ao longo de dois anos.

O famoso “escândalo dos aloprados” também entrou para a história das eleições de 2006 por causa de dinheiro estocado. Duas semanas antes do primeiro turno, dois homens ligados ao Partido dos Trabalhadores foram presos pela Polícia Federal em um hotel de São Paulo com R$ 1,7 milhão. O empresário Valdebran Padilha, que havia sido tesoureiro de um dos diretórios estaduais do PT em 2004, e Gedimar Passos, que se identificava como advogado do partido, usariam o dinheiro para comprar dossiê falso envolvendo José Serra.

eakfdvwoaugx0e 757x1024 - DE CUECA A PANELA: Em 15 anos, Polícia Federal encontrou mais de R$ 63 milhões com políticos dinheirama maua trato feito 768x1024 - DE CUECA A PANELA: Em 15 anos, Polícia Federal encontrou mais de R$ 63 milhões com políticos

Fonte: Metrópoles - Publicado por: Fabricia Oliveira 

Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde de hoje

Paraíba confirma 123 novos casos de Covid-19 e três mortes nas últimas 24 horas

coronavírus 1024x613 - BOLETIM DA SES: Paraíba confirma 123 novos casos de Covid-19 e três mortes nas últimas 24 horas

Neste domingo, 25 de outubro, a Paraíba registrou 123 novos casos de Covid-19 e 07 óbitos confirmados desde a última atualização, 04 deles ocorridos nas últimas 24 horas. Até o momento, 130.781 pessoas já contraíram a doença, 107.920 já se recuperaram e 3.054, infelizmente, faleceram. Até o momento, 407.875 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 34%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 39%. Em Campina Grande estão ocupados 24% dos leitos de UTI adulto e no sertão 43% dos leitos de UTI para adultos.

Casos Confirmados: 130.781
Casos Descartados: 181.054
Óbitos confirmados: 3.054
Casos recuperados: 107.920

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 123, nos quais 03 municípios concentram 74 casos, o que representa 60,16% dos casos em toda a Paraíba. Os 10 municípios que concentram o maior volume de casos novos neste domingo são:

João Pessoa, com 54 novos casos, totalizando 32.090; Água Branca, com 12 novos casos, totalizando 152; Cajazeiras, com 08 novos casos, totalizando 2.588; Cabedelo, com 07 novos casos, totalizando 3.187; Itabaiana, com 04 casos novos, totalizando 1.198; Santa Rita, com 04 novos casos, totalizando 3.544; São João do Rio do Peixe, com 04 novos casos, totalizando 432; Cacimba de Dentro, com 03 casos novos, totalizando 359; Monteiro, com 03 novos casos, totalizando 974; Remígio, com 03 novos casos, totalizando 335.

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 25/10, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 173 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 07 óbitos registrados neste domingo ocorreram em residentes de 05 municípios entre 20 de agosto e 24 de outubro, 04 deles ocorridos nas últimas 24 horas. Os pacientes tinham idade entre 51 e 94 anos. Três deles não possuíam comorbidade e entre os que apresentaram, hipertensão e cardiopatia foram as mais frequentes.
Mulher, 51 anos, residente em João Pessoa. Ex fumante, portadora de diabetes, cardiopatia, hipertensão e obesidade. Início dos sintomas em 10/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/10/2020.

Mulher, 86 anos, residente em João Pessoa. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 19/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/10/2020.

Mulher, 75 anos, residente em pedras de Fogo. Portadora de Hipertensão, cardiopatia, doença neurológica e AVC. Início dos sintomas em 18/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/10/2020.

Homem, 54 anos, residente em São José de Piranhas. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 06/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/10/2020.

Mulher, 94 anos, residente em Campina Grande. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 05/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 10/10/2020.

Mulher, 66 anos, residente em Santa Rita. Portadora de diabetes e obesidade. Início dos sintomas em 05/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 05/09/2020.

Homem, 74 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso, cardiopata e portador de doença renal. Início dos sintomas em 29/07/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 20/08/2020.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus.

Fonte: Secom-PB - Publicado por: Fabricia Oliveira

Com candidatura indeferida, prefeito desiste da reeleição e anuncia sobrinha na vaga

Após indeferimento de registro, prefeito de Juazeirinho, na Paraíba, renuncia candidatura a reeleição e anuncia vice no seu lugar

Após indeferimento do registro de sua candidatura, o prefeito de Juazeirinho, Bevilacqua Matias (Avante) anunciou no início da tarde deste sábado (24), durante entrevista na Rádio Juazeiro FM, a renúncia de sua candidatura à reeleição.

Em seu lugar, ele anunciou a vice Anna Virgínia Matias e a escolha da vaga para vice será definida na próxima segunda (26).

Bevilacqua é irmão e Anna Virgínia é filha do ex-deputado estadual falecido recentemente, Genival Matias.

PB Agora

Focos de incêndio se alastram em município paraibano

Focos de incêndio devastam vegetação no município de Mãe d’Água, no Sertão da Paraíba

Moradores que residem próximo ao Distrito de Santa Maria Gorete, em Mãe d’Água, Região Metropolitana de Patos, voltaram a denunciar que focos de incêndios estão consumindo a caatinga na área.

Neste fim de semana registros foram feitos e mostram o focos se alastrando pela vegetação. Eles pedem a presença do Corpo de Bombeiros para combater as chamas na região.

PB Agora com informações e foto do portal Folha Patoense 

Inmet divulga alerta de baixa umidade para 92 municípios da Paraíba

Juru e demais cidades da região de Princesa Isabel estão entre os 92 municípios paraibanos alertados pelo Instituto Nacional de Meteorologia

De acordo com o aviso, a umidade relativa do ar varia entre 30% e 20% e há baixo risco de incêndios florestais. Aviso é válido até as 19h00 deste domingo

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou alerta de baixa umidade para 92 municípios na Paraíba. O aviso é válido até as 19h00 deste domingo (25).

De acordo com alerta, a umidade relativa do ar varia entre 30% e 20%. Há baixo risco de incêndios florestais.

As recomendações para os moradores desses municípios são de beber bastante líquido, evitar atividades físicas e exposição ao sol nas horas mais quentes do dia. Também é recomendável usar hidratantes para a pele e umidificar o ambiente.

Confira a lista:

  • Água Branca
  • Aguiar
  • Amparo
  •  Aparecida
  • Belém Do Brejo Do Cruz
  • Bernardino Batista
  • Boa Ventura
  • Bom Jesus
  • Bom Sucesso
  • Bonito De Santa Fé
  • Brejo Do Cruz
  • Brejo Dos Santos
  • Cachoeira Dos Índios
  • Cacimba de Areia
  • Cacimbas
  • Cajazeiras
  • Cajazeirinhas
  • Camalaú
  • Carrapateira
  • Catingueira
  •  Catolé Do Rocha
  •  Conceição
  • Condado
  • Coremas
  •  Curral Velho
  • Desterro
  • Diamante
  • Emas
  • Ibiara
  • Igaracy
  • Imaculada
  • Itaporanga
  • Jericó
  • Joca Claudino
  • Juru
  • Lagoa
  • Lastro
  • Livramento
  • Malta
  • Manaíra
  • Marizópolis
  • Mato Grosso
  • Matureia
  • Monte Horebe
  • Monteiro
  • Mãe D´Água
  • Nazarezinho
  • Nova Olinda
  • Olho D’Água
  • Ouro Velho
  • Passagem
  • Patos
  • Paulista
  • Pedra Branca
  • Piancó
  • Pombal
  • Poço Dantas
  • Poço De José De Moura
  • Prata
  • Princesa Isabel
  • Quixabá
  • Riacho Dos Cavalos
  •  Santa Cruz
  • Santa Helena
  • Santa Inês
  • Santa Terezinha
  • Santana De Mangueira
  • Santana Dos Garrotes
  • Serra Grande
  • Sousa
  • Sumé
  • São Bentinho
  • São Bento
  • São Domingos
  • São Francisco
  • São José Da Lagoa Tapada
  • São José De Caiana
  • São José de Espinharas
  • São José De Piranhas
  • São José De Princesa
  • São José do Bonfim
  • São José do Brejo do Cruz
  • São José dos Cordeiros
  • São João Do Rio Do Peixe
  • São Mamede
  • Tavares
  • Teixeira
  • Triunfo
  • Uiraúna
  • Vieirópolis
  • Vista Serrana
  • Zabelê
Paraíba Já

Descoberta: óleo de coco contribui para a destruição da Covid-19

Após vários estudos realizados nas Filipinas, cientistas afirmam que óleo de coco destrói o novo coronavírus

Cientistas afirmam que óleo de coco destrói o novo coronavírus

Pesquisas apuraram que o óleo de coco contribui para a destruição do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19.

Segundo um artigo publicado no portal Nueva Mujer, o Conselho de Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde das Filipinas (PCHRD) estudou os efeitos do óleo de coco na Covid-19 durante meses. E atualmente já estão acontecendo ensaios clínicos que incluem 56 pacientes.

O estudo inédito, financiado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia das Filipinas, sugere que os compostos virgens de óleo de coco diminuem a carga viral do SARS-CoV-2 entre 60% a 90%.

Adicionalmente, os pesquisadores afirmam que a substância promove a capacidade de sobrevivência celular, contribuindo assim para fortalecer a resposta do sistema imunológico à presença do vírus.

Nas palavras de Jaime Montoya, diretor do PCHRD: "os resultados são muito promissores, pois não só mostram que o óleo de coco, por si só, pode destruir o vírus, mas também pode ser um mecanismo fundamental para regular a resposta imune contra a Covid-19".

Ainda assim, o PCHRD salienta que são necessários mais estudos e experiências de modo a perceber se uma concentração mais elevada de compostos de óleo de coco pode contribuir ainda com mais eficácia a capacidade de replicação do vírus.

De acordo com o secretário de Ciência das Filipinas, Fortunato de la Peña, a primeira análise do óleo de coco como um possível agente antiviral poderá estar disponível até a segunda semana do próximo mês de novembro.

Notícias ao Minuto

Brasil é o segundo país do mundo com maior número de mortes provocadas pela Covid-19

NOVO CORONAVÍRUS: Brasil tem 432 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas; total de óbitos é de 156.903

covidd 1 - Brasil tem 432 novas mortes por covid-19 nas últimas 24h

O Brasil registrou neste sábado, 23 de outubro, 432 novas mortes por Covid-19, e o total de óbitos causados pela doença provocada pelo coronavírus no país é agora de 156.903, informou o Ministério da Saúde.

O país registrou também 26.979 novas infecções pela doença, o que leva o total de casos confirmados para 5.380.635, de acordo com os dados divulgados pela pasta.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de mortes provocadas pela Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, onde mais de 224 mil pessoas morreram por causa da doença.

Já quanto ao número de casos, o Brasil ocupa a terceira posição no ranking, atrás dos EUA, com mais de 8,5 milhões de infecções, e da Índia, onde 7,8 milhões de casos de Covid-19 já foram registrados.

Fonte: Polêmica Paraíba - Créditos: Terra - Publicado por: Gerlane Neto

Números atualizados da Covid-19 na Paraíba

Covid-19: Paraíba confirma mais 433 casos de coronavírus e nove óbitos neste sábado

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, até o momento 130.658 pessoas já contraíram a doença, 106.769 já se recuperaram e 3.047 faleceram

A Paraíba registra, neste sábado (24), 433 novos casos de Covid-19 e nove óbitos confirmados desde a última atualização, sendo cinco deles ocorridos nas últimas 24 horas.

Em todo Estado, 130.658 pessoas já contraíram a doença, 106.769 já se recuperaram e 3.047 faleceram. Até o momento, 407.413 testes para diagnóstico da doença já foram realizados.

A ocupação total de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) adulto, pediátrico e obstétrico é de 38% em todo Estado. Ao fazer um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 40%. Em Campina Grande estão ocupados 28% dos leitos de UTI adulto e no sertão 52% dos leitos de UTI para adultos.

Confira o boletim deste sábado na íntegra:

Governo da Paraíba
Secretaria de Estado da Saúde
Atualização Covid-19 | 24/10/2020

Paraíba tem 433 novos casos de Covid-19 e 38% dos leitos de UTI ocupados

Casos Confirmados: 130.658
Casos Descartados: 180.866
Óbitos confirmados: 3.047
Casos recuperados: 106.769

Neste sábado, 24 de outubro, a Paraíba registrou 433 novos casos de Covid-19 e 09 óbitos confirmados desde a última atualização, 05 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 130.658 pessoas já contraíram a doença, 106.769 já se recuperaram e 3.047, infelizmente, faleceram. Até o momento, 407.413 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 38%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 40%. Em Campina Grande estão ocupados 28% dos leitos de UTI adulto e no sertão 52% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 433, nos quais 10 municípios concentram 294 casos, o que representa 67,89% dos casos em toda a Paraíba. São eles:

João Pessoa, com 83 novos casos, totalizando 32.036; Bayeux, com 46 novos casos, totalizando 2.110; Monteiro, com 46 novos casos, totalizando 971; Boqueirão, com 31 novos casos, totalizando 519; Cajazeiras, com 25 casos novos, totalizando 2.580; Cachoeira do Índios, com 14 novos casos, totalizando 190; Mogeiro, com 14 novos casos, totalizando 364; São José de Piranhas, com 13 casos novos, totalizando 602; Cabedelo, com 11 novos casos, totalizando 3.180; Santa Rita, com 11 novos casos, totalizando 3.540.

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 24/10, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Até hoje, 173 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 09 óbitos registrados neste sábado ocorreram em residentes de 06 municípios entre 07 de julho e 24 de outubro, 06 deles ocorridos nas últimas 48 horas. Os pacientes tinham idade entre 20 e 89 anos. Um deles não possuía comorbidade e entre os que apresentaram, cardiopatia foi a mais frequente.

Mulher, 80 anos, residente em Princesa Isabel. Portadora de diabetes, cardiopatia e doença renal. Início dos sintomas em 08/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 24/10/2020.

Homem, 20 anos, residente em Dona Inês. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 13/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 23/10/2020.

Homem, 85 anos, residente em Esperança. Portador de doença respiratória. Início dos sintomas em 11/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 23/10/2020.

Homem, 78 anos, residente em João Pessoa. Diabético e cardiopata. Início dos sintomas em 02/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 23/10/2020.

Mulher, 57 anos, residente em Mamanguape. Cardiopata. Início dos sintomas em 24/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 23/10/2020.

Mulher, 89 anos, residente em João Pessoa. Portadora de hipertensão e doença neurológica. Início dos sintomas em 05/10/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 22/10/2020.

Homem, 68 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso, diabético, portador de doença neurológica. Início dos sintomas em 06/10/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 18/10/2020.

Mulher, 79 anos, residente em João Pessoa. Portadora de cardiopatia e doença neurológica. Início dos sintomas em 12/09/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 09/10/2020.

Homem, 56 anos, residente em Cabedelo. Portador de imunossupressão. Início dos sintomas em 15/05/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 07/07/2020.

Paraíba Já