quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Prefeito inaugura praça com estátua do padroeiro de Tavares

PROMESSA CUMPRIDA: DR. AÍLTON ALCANÇA GRAÇA E, COMO HAVIA PROMETIDO, CONSTROI PRAÇA COM ESTÁTUA DE SÃO MIGUEL ARCANJO NA ENTRADA DA CIDADE

A imagem pode conter: noite, céu, quadra de basquetebol e atividades ao ar livre
Na manhã do último domingo (17), dia em que o município de Tavares, no Sertão da Paraíba, completava 60 anos de Emancipação Política, foi inaugurada a Praça São Miguel Arcanjo, construída com recursos próprios da prefeitura na entrada da cidade, às margens da PB - 306.
Através de uma doação do prefeito Aílton Suassuna Porto e da primeira dama Shelley Suassuna, no local foi erguida uma estátua do padroeiro da cidade, São Miguel Arcanjo, com 2,80 de altura. A praça recém inaugurada conta ainda com postes com iluminação de LED, bancos, coletores seletivos de lixo e um letreiro turístico com a frase "Eu Amo Tavares". 
Nenhuma descrição de foto disponível.
No ato da inauguração, em seu pronunciamento o prefeito disse que tinha feito uma promessa a São Miguel e havia alcançado a graça: Prometi que irá fazer a doação da imagem de São Miguel para Tavares e hoje estou aqui cumprindo a minha promessa”, disse Dr. Aíltom.
“Meus parabéns a minha querida e amada cidade de Tavares pelos seus 60 anos; por toda a sua história linda, uma terra de um povo forte, aguerrido e trabalhador!”, finalizou o gestor tavarense.
A imagem pode conter: 1 pessoa, céu e atividades ao ar livre
Contando com a presença do deputado estadual Wilson Filho e outras autoridades, a praça e a imagem do padreiro de Tavares foram abençoadas pelo pároco local, padre Fábio de Abreu e Lima.
Veja mais fotos do evento:
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu, golfe e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, multidão e atividades ao ar livre

Apresentador da Record sofre acidente e é hospitalizado nos EUA

Gugu Liberato sofre acidente doméstico, é hospitalizado nos Estados Unidos e ficará 48 horas em observação


GUGU - Gugu Liberato sofre acidente e é hospitalizado nos EUA

O apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente doméstico nos Estados Unidos nesta quarta-feira (20/11/2019) e precisou ser hospitalizado. São informações de Flavio Ricco, do UOL.
Em comunicado, a assessoria de imprensa do apresentador confirmou a internação. “Informamos que nesta quarta-feira, 20, o apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente em sua casa em Orlando e encontra-se internado em observação por 48 horas. Voltaremos a informar assim que um boletim médico for emitido e contamos com o profissionalismo de todos os amigos da imprensa”, diz a nota.
Atualmente, o Gugu apresenta na RecordTV o reality Canta Comigo, cuja final será no dia 4 de dezembro. O programa já está inteiramente gravado. Os próximos compromissos do apresentador na emissora são o especial Família Record e o reality de casais Power Couple.
Fonte: Metrópoles - Publicado por: Alana Yaponirah

“Vampiro Rei”

Conheça a terrível história do lunático que usava Deus para matar, casar e estuprar crianças


“VAMPIRO REI” Conheça a terrível história do lunático que usava Deus para matar, casar e estuprar crianças
Nascido em 22 de agosto de 1946 na cidade do Kansas, nos Estados Unidos, Marcus Delon Wesson teve uma estrutura familiar e aspectos de uma infância característicos de um perfil psicológico que pode constituir uma mente psicótica.
Entre quatro filhos, ele era o mais velho, e sua mãe, Carrie Wesson, uma fanática religiosa, forçava-o a enxergar absolutamente tudo através da Bíblia desde pequeno. Marcus frequentava com ela a Igreja Adventista do Sétimo Dia e, segundo relatos do próprio, por vezes era agredido com o livro sagrado quando se recusava a ir aos cultos ou queria brincar ao invés de ler as parábolas durantes horas e horas seguidas em casa.
O pai, o Pastor Benjamin Wesson, além de um fanático como a mulher, era alcoólatra, agressor e molestador de crianças. Marcus confessou que o pai o tocava à noite e o espancava durante o dia, tanto por conta das bebedeiras diárias quanto para ensiná-lo lições que Deus o havia instruído.
O início de uma mente perturbada
Vivendo em um lar caótico e sob ensinamentos distorcidos e perturbados, Marcus Wesson aprendeu a ser exatamente o fruto do meio no qual estava inserido. Enquanto criança, suas brincadeiras favoritas não eram futebol, carrinhos ou bonecos, mas fingir ser um pastor liderando seu rebanho, que costumava ser composto por outras crianças.
Com o poder de persuasão da mãe misturado com o tom agressivo do pai, ele sempre queria ser o centro das atenções, chegando a intimidar e repreender qualquer um que tentasse roubar seu lugar. Para o garoto, as crenças da igreja se misturaram com as convicções da mãe e com as fantasias que ele criava em sua cabeça, como a certeza de que ele e a família eram vampiros que possuíam almas. Essa invenção infantil foi apenas o início de um pensamento que ganhou proporções grotescas e acabou em assassinatos.
No início de 1960, quando Marcus tinha 14 anos de idade, a família se mudou para San Bernardino, na Califórnia, pois o pai havia os abandonado para viver um caso com o sobrinho. Na escola, durante o período da adolescência, Marcus foi um aluno entre mediano e praticamente inexpressivo, cumprindo apenas o necessário para conseguir se formar no ensino médio. Toda sua participação estudantil foi preenchida por diversos “nãos” e um “nunca”: não se destacava em nada, não participava de nada, não tinha amigos, não conversava, não saía, nunca cedeu ao álcool nem a drogas.
Ele era ninguém e teria passado despercebido se não fosse pelo seu porte alto e corpulento e o fato de vestir terno e gravata em vez de jeans e camiseta. Apesar de sua aparência e tamanho, Marcus sempre esteve mais propenso a ser intimidado do que a causar algum tipo de intimidação.
Enquanto isso, a cada dia ele se tornava ainda mais obcecado pela religião. Foi quando o pai voltou, como se nada tivesse acontecido, depois de mais de 10 anos vivendo um romance com o próprio sobrinho, que ele passou a acreditar que não havia problema em manter relações sexuais com membros da própria família e que cada pai, inclusive o dele, tinha maneiras diferentes de “amar” os filhos.
O falso Messias
1*ZMoJsq oCXozy Zv3WlD3A - "VAMPIRO REI" Conheça a terrível história do lunático que usava Deus para matar, casar e estuprar crianças
Em 1968, depois de ficar um tempo nas Forças Armadas dos Estados Unidos, Marcus conheceu Rosemary Solorio, uma mulher casada e com filhos que morava em San Jose, na Califórnia, com quem ele passou a ter uma relação às escondidas. Meses depois do envolvimento, Rosemary se separou do marido, pegou as crianças e foi morar com Marcus.
No início do relacionamento, o homem chegou a trabalhar por um curto período em um banco, mas logo ficou desempregado e começou a viver com o benefício do governo que Rosemary podia receber por conta de problemas familiares.
Em 1971, a mulher deu à luz o primogênito de Marcus, chamado Adair Wesson. A empolgação de se tornar pai durou apenas o tempo necessário para que conseguisse se aproximar o suficiente da enteada Elizabeth. Em 1974, quando a garota tinha 8 anos de idade, o homem passou a molestá-la, tocá-la e se insinuar para ela, sempre deixando muito claro que tudo aquilo que estava fazendo era o “certo”, pois Deus a havia escolhido para que fosse sua esposa, que era a sua “prometida”.
Foi nessa época, inclusive, quando ele tinha 27 anos de idade, que em uma cerimônia realizada na sala de estar de sua casa Marcus se “casou” com a menina de 8 anos após convencê-la de que a mãe já sabia de absolutamente tudo e que havia permitido. Marcus Wesson realizou a suposta união com uma pseudo-Bíblia que ele mesmo havia escrito ao longo dos anos, deturpando passagens e ensinamentos, adicionando convicções próprias e estabelecendo leis divinas que beneficiavam e sustentavam seu pensamento doentio e descontrolado.
Quando Elizabeth completou 12 anos, o homem passou a estuprá-la diariamente, enquanto fazia uma lavagem mental na garota, injetando seus pensamentos e, de certa forma, oprimindo-a e fazendo-a aceitar toda aquela história de terror. Quando ela completou 15 anos de idade e engravidou, Marcus se casou legalmente com ela e declarou a Rosemary que se mudaria para começar a constituir sua família não convencional e “mais amada aos olhos de Deus”.
Abusos e opressão
A irmã mais velha de Elizabeth deixou seus sete filhos para que ela cuidasse, pois seria incapaz de fazer isso por conta de seu vício em drogas. Marcus pediu para que Rosemary entregasse a van da família para o transporte de todos ou ele levaria Adair Wesson consigo. Sendo assim, ela deixou que partissem com o carro.
Desempregado e vivendo de fraudes que tramava para conseguir receber o benefício do governo, em 1989 Marcus foi condenado a pagar uma multa por defraudação e perjúrio. A partir disso, a família começou a viver como nômade, invadindo casas vazias, morando em barracos e até mesmo em barcos. Eles sobreviviam de tickets-alimentação.
Nesse ínterim, Elizabeth passou a ter uma vida de privação e encarceramento. Os abusos vieram ao longo disso. Marcus começou impedindo que a garota participasse da educação das crianças, que passou a ser de modo doméstico, uma vez que sequer tinham acesso a uma casa que fosse mais do que uma barraca militar no meio da floresta e porque ele precisava doutriná-las com sua Bíblia adaptada, cujo conteúdo retratava Jesus como um grande vampiro. Marcus até chegou a ordenar que só se referissem a ele como Mestre ou Milorde. Além do treino exaustivo que fazia para o Armagedom, o homem logo deu início ao processo de preparação das sobrinhas de Elisabeth para se tornarem suas esposas.
Durante meses, ele separou os meninos das meninas, temendo que desenvolvessem algum tipo de atração sexual uns pelos outros. Em mais uma cerimônia, o homem se casou com Ruby Ortiz, Rosa e Sofina, com 7, 8 e 11 anos de idade, respectivamente. Marcus passou uma noite inteira estuprando-as em um suposto ato para “consumar” a união, como ele mesmo disse. Quando entraram na puberdade, cada uma delas, incluindo a própria filha, acabou engravidando dele. Os registros indicam que Marcus teve sete mulheres, sendo cinco delas suas filhas, e 18 filhos, todos frutos de relações incestuosas.
Em meio a tudo isso, havia muito espancamento e dor. Tacos de beisebol, fios elétricos e os próprios punhos eram apenas alguns dos meios que o homem se valia para atacar a família. No tribunal, o filho Serafino disse de ter apanhado durante 30 dias sem parar simplesmente por ter roubado uma colher de pasta de amendoim. Sofina também confessou que Marcus agrediu o filho de apenas 1 mês de idade até que as perninhas dele sangrassem.
O plano engatilhado
Marcus era fascinado por David Koresh, líder de um culto religioso e que também tinha diversas mulheres e filhos de relações incestuosas. Quando a polícia fez o cerco ao complexo de Koresh, em 1993, ele alertou: “Esse homem é como eu. Ele está criando os filhos para o Senhor”. Logo em seguida, Marcus anunciou um pacto de suicídio se o governo federal tentasse destituir sua família. E diariamente ele discutia com todos cada detalhe de seu plano de assassinato.
É absolutamente impossível medir ou imaginar o grau de subjugação a que cada uma das vítimas era exposta, sendo totalmente controladas por aquele mundo que o homem de 130 quilos havia criado. No entanto, aquela lavagem cerebral não havia liquefeito o cérebro de Ruby Ortiz e Sofina Solorio o suficiente. Elas pediram para ir embora e Marcus concordou, contanto que elas deixassem seus filhos para trás. Desesperadas, as duas acabaram concordando e, à medida que foram absorvendo tudo o que havia da realidade e aprendendo, logo se deram conta de que aquilo que o homem estava fazendo não era nada normal.
Em 12 de março de 2004, as duas mulheres reuniram alguns familiares e foram até a casa de Marcus para reivindicar os filhos. Elas foram recebidas com xingamentos das outras esposas, que ordenavam que se curvassem diante do mestre delas. A polícia foi acionada pelos parentes assim que a gritaria começou. Ruby e Sofina entraram em pânico e avisaram que Marcus machucaria as crianças, lembrando do pacto de assassinato quando um dos policias começou a falar por um megafone.
Armado com um rifle de calibre 22, Marcus cumpriu seu plano maligno de assassinato e, às 14h30, executou nove membros da família com tiros na cabeça, quase todos entre os olhos das vítimas. Os policiais negaram ter ouvido os diversos disparos, apesar de vários vizinhos, e inclusive transeuntes, terem afirmado o contrário, e só entraram em ação quando o homem apareceu à porta ensopado de sangue. Ele assassinou todos os filhos e os empilhou no quarto de acordo com suas idades.
Em 27 de junho de 2005, após um longo período de julgamento, Marcus Wesson foi considerado culpado das 9 acusações de assassinato e de 14 crimes sexuais, sendo sentenciado à pena de morte e condenado a andar não como o “Cristo vivo”, como ele mesmo se declarava, mas como o monstro, o estuprador e assassino que era.
wesson family children portrait - "VAMPIRO REI" Conheça a terrível história do lunático que usava Deus para matar, casar e estuprar crianças
Fonte: Mega Curioso - Publicado por: Alana Yaponirah

Adolescente é assassinado pelo próprio tio, em Pernambuco

Tio mata sobrinho de 14 anos com golpe de faca no peito, após discussão gerada no WhatsApp


a260b8de73 cambuca - Tio mata sobrinho de 14 anos, após discussão gerada no WhatsApp
Um adolescente, de 14 anos, foi assassinado com golpe de faca no peito, em Santa Maria do Cambucá, no Agreste de Pernambuco, ni último sábado (16). O suspeito é o tio dele. De acordo com a polícia, o tio, Reginaldo Gomes da Silva, discutiu com o sobrinho, pelo WhatsApp.
A mãe, o padrasto e o adolescente foram tirar satisfação com Reginaldo, que não gostou e matou o sobrinho. Ele também teria desferido um golpe de faca contra o padrasto do adolescente. O homem foi socorrido e depois liberado do hospital.
Polícia
O suspeito foi autuado em flagrante e será apresentado em audiência de custódia. A polícia de Santa Maria do Cambucá investiga o caso.
Fonte: TV Jornal - Publicado por: Alana Yaponirah

Concurseiro vigarista

Fingindo ser organizador de concurso, segundo colocado liga para primeiro e cancela prova


DSC 0613 550x367 - CONCURSEIRO VIGARISTA: Fingindo ser organizador de concurso, segundo colocado liga para primeiro e cancela prova
O segundo colocado no concurso público para sargento técnico temporário do Exército, aberto em 2017, foi condenado à prisão pelo Supremo Tribunal Militar (STM). Ele é acusado de ligar para o primeiro colocado, fingindo ser um militar membro da comissão organizadora da seleção, e informar erroneamente que o exame de aptidão física teve a data alterada! Apenas uma vaga estava em disputa para lotação na 10ª Região Militar, localizada em Fortaleza/CE, e o não comparecimento ao teste acabou provocando a eliminação do candidato.
Depois disso, ele relatou o quê aconteceu à comissão do concurso, dizendo, inclusive, que se lembrava de ter emprestado seu aparelho celular ao suspeito no dia em que estavam realizando uma outra fase do certame.
Uma vez que o fato veio a público, o concurso foi suspenso e o caso chegou ao Ministério Público Militar (MPM), que pediu a quebra do sigilo telefônico do acusado, comprovando crime de estelionato, previsto no artigo 251, do Código Penal Militar (CPM).
Para o MPM, o acusado causou prejuízos não só à Administração Militar, que foi impedida de selecionar o melhor candidato, mas também à vítima, que teve a sua oportunidade de ingresso no Exército frustrada. Por isso o Ministério defendeu que ele fosse condenado por estelionato na modalidade consumada.
Porém, para o ministro José Coêlho Ferreira, do STM, o réu não logrou êxito em atingir o objetivo perseguido na conduta ilícita de ser nomeado à vaga pretendida, uma vez que o concurso não foi concluído, pois está suspenso desde a interposição do recurso administrativo interposto pelo ofendido. Ou seja, ele classificou o crime como estelionato na modalidade tentada, previsto no artigo 30, inciso II, do CPM, o que amenizou um pouco a pena.
O condenado então deverá cumprir um ano de reclusão, com o benefício do “sursis” – suspensão condicional da pena – pelo período de dois anos, com o direito de apelar em liberdade.
Fonte: Correio Braziliense - Publicado por: Fabricia Oliveira

Governo garante pagamento do 13º do Bolsa Família

Pagamento do décimo terceiro do Bolsa Família está garantido, diz porta-voz da Preidência da República


wdol abr 220220193240 - Pagamento do 13º do Bolsa Família está garantido, diz porta-voz
O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta quarta-feira (20) que o pagamento do benefício extra do Bolsa Família, a ser creditado em dezembro, está totalmente garantido.
“Eu conversei com o ministro Osmar Terra [Cidadania], ele esclareceu algumas informações equivocadas em relação ao pagamento do 13º. Os recursos financeiros existentes são suficientes para arcar com os pagamentos que têm início previsto para 11 de dezembro”, disse Rêgo Barros. O porta-voz disse que o próprio Ministério da Cidadania poderia esclarecer a fonte dos recursos. Caso a reserva do programa Bolsa Família seja insuficiente, o próprio ministério pode remanejar dinheiro de outras áreas.
A declaração foi em resposta à uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que apontou insuficiência de recursos na dotação orçamentária do programa, que é vinculado ao Ministério da Cidadania. Mais cedo, em sua conta no Twitter, o presidente Bolsonaro classificou a reportagem como mentira e fake news.
Promessa de campanha eleitoral de Bolsonaro, o pagamento da 13ª parcela do Bolsa Família a todos os beneficiários do programa foi anunciada em outubro, com a edição da Medida Provisória (MP) Nº 898. O adicional totaliza uma injeção extra de R$ 2,58 bilhões na economia.
O Bolsa Família atende atualmente cerca de 13,5 milhões de famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por membro. O benefício médio pago a cada família é de R$ 189,21.
Fonte: Agência Brasil - Publicado por: Fabricia Oliveira

Crimes de fraude à licitação e desvio de recursos públicos

‘PAPEL TIMBRADO’: Gaeco deflagra operação contra desvio de recursos públicos no DER, na Paraíba


gaeco - 'PAPEL TIMBRADO': Gaeco deflagra operação contra desvio de recursos públicos no DER, na Paraíba
Na manhã desta quinta-feira (21),  a GAECO/PB, GAECO/PE, DECCOR e a Promotoria de Santa Luzia/PB realizam nova operação para combater crimes de fraude à licitação e desvio de recursos públicos, em João Pessoa/PB, Santa Luzia/PB e na capital pernambucana.
O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Estado da Paraíba, por força de decisão proferida pelo juízo de direito da 6a Vara Criminal da Capital, deflagrou, juntamente com o GAECO/PE, com a Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECCOR), com a Promotoria de Santa Luzia/PB e com a Polícia Militar (CHOQUE), o cumprimento de 06 (seis) mandados de busca e apreensão, na quinta etapa da Operação denominada de “Papel Timbrado”.
Segundo se apurou, empresários investigados e já denunciados pelo MPE (GAECO), ao tempo da citada operação, por participação em organização criminosa, em conluio com servidores integrantes do Departamento de Estrada e Rodagem da Paraíba (DER) (então chefe da DCM e integrantes da Comissão Permanente de Licitação) fraudaram procedimento licitatório (Convite no 07/13) relacionado à construção do aterro de acesso à ponte sobre o Rio Estivas (PB 041) e contribuíram para o desvio e a apropriação dos recursos públicos dele provenientes, em prejuízo estimado em R$ 154.000,00 (cento e cinquenta e quatro mil reais) aos cofres públicos do Estado.
Os mandados de busca e apreensão foram direcionados, em João Pessoa/PB: à sede do DER e às residências de mais 03 (três) alvos, dentre os quais, integrante e ex-integrante do corpo de servidores daquele órgão. Em Santa Luzia/PB: à sede da CONSULTORIA E CONSTRUÇÕES SANTA LUZIA LTDA. – ME.
E, em Recife, à residência do então engenheiro da empresa MONTE BELLE LTDA. – ME, beneficiada na licitação fraudulenta. Pelos fatos praticados, os investigados envolvidos na trama, de acordo com suas responsabilidades, irão responder pelos crimes previstos nos seguintes artigos: art. 90 da Lei no 8.666/93 e 312 do Código Penal.
Fonte: Assessoria - Publicado por: Larissa Freitas

Programa Paraíba Unida pela Paz

‘OPERAÇÃO CONTENDA’: Polícias Civil e Militar deflagram operação contra crimes na Paraíba e Pernambuco


operacao policia civil - 'CONTENDA': Polícias Civil e Militar deflagram operação contra crimes na Paraíba
As Polícias Civil e Militar deflagrada na manhã desta quinta-feira (21), uma operação contra crimes na Paraíba e Pernambuco. A operação intitulada ‘Contenda’ tem como objetivo cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão em desfavor de suspeitos de assassinatos, tráfico de drogas e posse ilegal de armas de fogo no Sertão, mais especificamente nas cidades de Catolé do Rocha, São Bento e Brejo dos Santos, e também em Recife (PE).
Desde o início da manhã, nove pessoas foram presas. Também foram apreendidos armas de fogo, munições, carros e motos roubadas. Os presos e o material estão sendo conduzidos à Delegacia Seccional de Catolé do Rocha.
Neste ano, de janeiro a outubro, as ações de prevenção e repressão qualificadas das forças de segurança estaduais resultaram em uma queda de 22% no registro de crimes contra a vida no Estado. O trabalho faz parte do Programa Paraíba Unida pela Paz, que também já apreendeu mais de uma tonelada de drogas e mais de 3 mil armas de fogo no mesmo período.
Fonte: Polêmica Paraíba - Publicado por: Larissa Freitas

Dúvida: comprar e pagar à vista ou parcelar por meses e meses…

PAGAR À VISTA, ECONOMIA COM JUROS: o melhor investimento deste e do próximo ano


22772735 - PAGAR À VISTA, ECONOMIA COM JUROS: o melhor investimento deste e do próximo ano
Novembro é Black Friday, dezembro é Natal e janeiro é a vez do IPVA, do IPTU… Em comum, o trimestre de consumo e gastos desperta a dúvida: comprar e pagar à vista ou parcelar por meses e meses… Dependendo da escolha, o consumidor pode economizar para gastar em material escolar ou nas férias de verão. As variáveis para tomar a decisão são muitas e dependem da renda, das dívidas e das contas.
Uma regra que serve para os três meses é uma análise da situação financeira. A decisão a ser tomada depende do perfil: pessoa endividada; com orçamento no zero a zero, ou seja, que não sobra um centavo para poupar; ou poupador/investidor com folga financeira. As duas primeiras opções praticamente obrigam a escolher o parcelamento. Não adianta pagar com desconto à vista e não ter recursos para outras despesas do mês ou contrair empréstimo a juros altos. E o número de famílias endividadas no Brasil é alto. Chega a 64,7% do total, segundo dados de outubro de pesquisa do Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).
Quem possui recurso deve observar se o desconto do pagamento à vista é maior que o retorno de aplicações financeiras. Os investimentos mais seguros, como poupança e renda fixa, dificilmente vão superar os descontos que prefeituras e ou governos estaduais costumam dar na cota única do IPTU e do IPVA, respectivamente. O morador da cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, vai poder economizar 7% se pagar as 10 cotas de uma única vez.
— Pagar à vista ou cota única é melhor opção sempre quando possível. A Selic (juros básicos da economia) caiu para o menor patamar da série histórica, mas os juros na ponta para o consumidor continuam muito altos — diz Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), alertando que a Selic a 5% ao ano vai reduzir os rendimentos de fundos de renda fixa.
E o Natal e a Black Friday? A regra não muda. Nos dois casos, dívidas têm um grande peso na decisão de compra. A maioria dos brasileiros deve usar o salário mínimo para sair do vermelho. Segundo pesquisa da Anefac, 87% devem usar a renda extra para pôr as contas em dia. Os outros 13% sem dívida ou aqueles que conseguirem salvar uma parte do décimo terceiro para o consumo podem negociar valores menores nas compras à vista.
O consumidor deve ter no comércio (de loja física ou online) a mesma atenção sugerida no pagamento da cota única dos impostos e calcular a economia que a compra à vista oferece. Nenhuma aplicação financeira sem risco, porém, deve superar a vantagem do pagamento com dinheiro e sem parcelamento.
O levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) feito em todas as capitais do país mostrou que a maioria dos entrevistados pretende pagar os presentes à vista e 36% planejam usar o cartão de crédito e parcelar a compra. Em média, o grupo pretende dividir em cinco vezes.
— Na hora de fechar a compra, o cliente deve negociar um desconto se for pagar à vista. Muitas vezes, os juros estão embutidos nas parcelas. Lojas online oferecem preços mais baixos no pagamento no boleto ou no cartão sem parcelamento — diz o diretor da Anefac.
Fonte: EXTRA - Publicado por: Érika Soares

Torcida do Flamengo lota arredores do Ninho do Urubu antes da saída dos jogadores

MULTIDÃO FAZ FESTA EM FRENTE AO CENTRO DE TREINAMENTO DO FLAMENGO ANTES DO EMBARQUE PARA LIMA, NO PERU

Equipe viajou para Lima na tarde desta quarta-feira para a disputa da final da Libertadores


A torcida rubro-negra lotou os arredores do Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo no Rio de Janeiro
A torcida rubro-negra lotou os arredores do Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo no Rio de Janeiro - (Ricardo Moraes/Reuters)
O Flamengo embarcou na tarde desta quarta-feira (20) para Lima, no Peru, onde fará a final da Copa Libertadores da América, contra o River Plate, da Argentina, no próximo sábado 23. Horas antes do início da viagem, milhares de torcedores se concentraram em frente ao CT Ninho do Urubu antes da saída do elenco para Aeroporto do Galeão.
Apesar do esquema especial para o transporte dos atletas, inclusive com a presença de batedores para facilitar a chegada do ônibus, houve confusão na chegada ao Galeão. Uma grade de isolamento na entrada do ônibus cedeu e retardou a passagem da comitiva rubro-negra. Tentando controlar a multidão, a polícia chegou a utilizar bombas de gás lacrimogêneo para dispersar os torcedores.
O técnico da equipe Jorge Jesus comandou um treino pela manhã, trabalhando detalhes importantes pensando no jogo decisivo. No sábado, o Flamengo enfrenta o River Plate em jogo único na decisão da Libertadores. A partida – inicialmente marcada para a cidade de Santiago (Chile) – foi transferida para Lima, no Peru.

(com Gazeta Press)

Explosivos são apreendidos em Santana de Mangueira, na Paraíba

Policiais apreendem explosivos que seriam utilizados em ataques a bancos no Sertão paraibano


apreensao   explosivos   sertao 2 - Policiais apreendem explosivos que seriam utilizados em ataques a bancos no Sertão
Vários explosivos que seriam utilizados em ataques a bancos no Sertão do Estado foram apreendidos nesta quarta-feira (20). A apreensão aconteceu no Sítio Pau de Ferro, em Santana de Mangueira, que foi um dos locais onde aconteceu a operação da semana passada.
Os policiais encontraram no local os explosivos, munições e outros materiais que pertenceriam ao bando que foi preso. O material apreendido foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, em Conceição.
Na última quarta-feira (13) haviam sido presos quatro acusados de integrar a quadrilha especializada em ataques a bancos na Paraíba e em Pernambuco. As apreensões de hoje aconteceram em continuidade à operação que desarticulou a quadrilha.
Fonte: Click PB - Publicado por: Larissa Freitas

O porteiro mentiu

Porteiro volta atrás e isenta Bolsonaro em depoimento sobre morte de Marielle, diz revista


sergio moro paulo guedes 2018 3636   veja - Porteiro volta atrás e isenta Bolsonaro em depoimento sobre morte de Marielle, diz revista
Em depoimento prestado à Polícia Federal, o porteiro Alberto Jorge Mateus afirmou que se enganou ao envolver o nome do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas investigações sobre a morte da vereadora Marielle Franco (Psol). A informação é da revista Veja.
Nos dias 7 e 9 de outubro, Alberto disse à Polícia Civil que “seu Jair” autorizou a entrada do ex-policial militar Élcio de Queiroz, um dos suspeitos do crime, no condomínio Vivendas da Barra, na tarde do dia 14 de março de 2018. Marielle e o motorista Anderson Gomes foram assassinados naquele dia. Queiroz e o policial reformado Ronnie Lessa, também morador do Vivendas da Barra respondem pelo crime. Segundo a Veja, dessa vez ele isentou Bolsonaro. A revista não traz, no entanto, o que teria motivado o porteiro a mentir.
VEJA apurou que o depoimento do porteiro Alberto Mateus foi prestado nesta terça-feira, 19. Ele, que está sendo assistido pela Defensoria Pública do Rio, foi ouvido por apenas um delegado da PF, por aproximadamente três horas. O inquérito apura “inclusão indevida” do nome de Bolsonaro nas investigações do caso Marielle Franco, e foi instaurado a pedido do Ministério Público Federal após os dois primeiros depoimentos de Alberto serem revelados pela TV Globo.
Localizado por VEJA em reportagem publicada no começo deste mês, Alberto vivia na Gardênia Azul, bairro da Zona Oeste do Rio dominado pela milícia. Após a história vir à tona, submergiu: amigos e familiares relatam que o homem de hábitos simples passou a viver como um “animal acuado”.
De acordo com os registros apreendidos no condomínio, Alberto registrou que, no dia da morte de Marielle, Élcio de Queiroz iria na casa 58 do Vivendas da Barra – a de Bolsonaro. A vinte passos dali, na casa 66, morava o policial militar reformado Ronnie Lessa, suspeito de ter dado os disparos que tiraram a vida de Marielle.
O então deputado federal Jair Bolsonaro, no entanto, estava em Brasília naquele dia, como mostram registros da Câmara dos Deputados. A PF informou que o inquérito tramita sob sigilo. Já a Defensoria Pública do Rio confirmou o depoimento dado ontem, mas não deu detalhes sobre o teor das falas do porteiro.
Fonte: Informações de Veja

Suspeita se preparou para homicídio durante encontro

Jovem pesquisou formas de matar no Google antes de homicídio praticado durante ato sexual


naom 5dd5a83029353 300x169 - Jovem pesquisou formas de matar no Google antes de homicídio
A jovem que sufocou um homem até à morte durante um encontro, marcado através de uma aplicação, teria pesquisado no Google formas de matar alguém antes de o encontrar, segundo foi divulgado durante o julgamento que está acontecendo.
Jamie Lee Dolheguy, de 20 anos de idade, se encontrou com Maulin Rathod, de 24 anos, em sua casa, em Melbourne, no estado australiano de Victoria, em julho de 2018. Ambos tinham trocado apenas algumas mensagens.
Durante o ato sexual, Jamie sufocou Maulin com as mãos e depois o estrangulou com um cabo USB, segundo dito no Supremo Tribunal de Victoria.
A jovem ligou depois para os serviços de urgência assumindo que tinha matado Maulin mas sem intenção. Jamie teria, porém, dito aos agentes da polícia: “Não quero ser uma assassina”.
O procurador responsável pela acusação indicou que a suspeita se preparou para o homicídio, tendo pesquisado as seguintes frases no Google: “Vou matar alguém esta noite por divertimento”; “Vou matar alguém hoje, ajuda” ou “Vou cometer homicídio”. Depois clicou na ligação que escrevia “10 passos para cometer um homicídio sem ir preso”.
Jamie, de acordo com o site Metro, sofreu negligência em criança e estava ao cuidado dos serviços estatais desde os 10 anos de idade. Ela foi autorizada a viver sozinha pela primeira vez quatro meses antes do crime, quando os serviços sociais decidiram que ela estava apta para tal.
Fonte: Noticias ao minuto - Publicado por: Suedna Lima