sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Reeleito, prefeito de Princesa Isabel pode não ser diplomado nem empossado no cargo

COM MAIORIA ESMAGADORA SOBRE SEUS CONCORRENTES PARA PREFEITO DE PRINCESA ISABEL, RICARDO PEREIRA PODE TER VOTOS INVALIDADOS 

Reeleito com 6.301 votos (52,60%) nas eleições de 15 de novembro passado, o prefeito do município de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba, Ricardo Pereira do Nascimento, do partido Cidadania, pode ter a sua votação anulada, devendo ser diplomado e consequentemente empossado o segundo colocado, médico Alan Moura (DEM).

Dr. Alan teve 3.091 votos (25,80%), seguido de Sidney Filho (PSDB), herdeiro político do médico e ex-prefeito José Sidney Oliveira, que ficou na terceira colocação com 2.587 votos (21,60%).

Embora soubesse dos riscos jurídicos e tenha conseguido vencer o segundo colocado com 3.210 votos de vantagem, o atual prefeito concorreu à reeleição como sub judice perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pode ter os votos invalidados.

O gestor princesense teve o registro de candidatura indeferido pelo juiz eleitoral da Comarca de Princesa Isabel, cuja decisão foi confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Nesta quinta-feira, 26, o recurso especial interposto pelos advogados de Ricardo Pereira perante o Ministério Público Eleitoral em Brasília, no sentido de validar os votos obtidos no último pleito, teve decisão pelo desprovimento do pedido após análise do procurador eleitoral Renato Brill de Goes, que invalidou os votos do atual gestor princesense baseado em sua condenação, em segunda instância, por fraude em licitação.   

Constando ainda nos registros do Tribunal Superior Eleitoral como sub judice, dificilmente Ricardo Pereira irá conseguir reverter a decisão, que deve ser confirmada pelo TSE. 

Confira aqui o parecer da Procuradoria Geral.

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Ministério Público Federal descobre nova ‘modalidade’ de fraude em Teixeira

Prefeito de Teixeira, na Paraíba, assina recibo de pagamento de propina como ‘prestação de contas’; confira   

WhatsApp Image 2020 11 26 at 11.30.13 - MPF descobre nova ‘modalidade’ de fraude! Prefeito de Teixeira assina recibo de pagamento de propina como 'prestação de contas'; confira  

Uma fotografia encontrada no aparelho celular de um empresário investigado na Operação Recidiva, que apura fraudes e desvios em obras públicas em várias prefeituras do Sertão do Estado, fez os investigadores do Ministério Público Federal (MPF) concluírem que estão diante da descoberta de uma nova ‘modalidade’ de fraude: o pagamento de propina com recibo, na Paraíba.

O material faz parte de uma Ação Civil Pública proposta pelo MPF e que tem como alvos o prefeito da cidade de Teixeira, Edmilson Alves dos Reis (Nego de Guri), o vereador Assis Catanduba e mais 8 pessoas suspeitas de envolvimento no suposto esquema. Eles são acionados por improbidade administrativa.

No documento há anotações referentes a recursos empregados na construção de uma unidade básica de saúde e, ao lado dos valores, a descrição das finalidades: 

recibo - MPF descobre nova ‘modalidade’ de fraude! Prefeito de Teixeira assina recibo de pagamento de propina como 'prestação de contas'; confira  

Segundo o MPF, os alvos da mais nova ação de improbidade são: Edmilson Alves dos Reis, conhecido por Nego de Guri, prefeito de Teixeira (PB); Francisco de Assis Ferreira Tavares, o Assis Catanduba, vereador da mesma cidade; o secretário de Obras de Teixeira, Edmilson Alves dos Reis Filho; os empresários Marconi Edson Lustosa Félix e Madson Fernandes Lustosa; a esposa do prefeito, Valdirene Novo dos Reis; além dos servidores públicos Maria do Socorro Xavier Batista, Francisco Severino Rodolfo, Felipe Dorgival Nunes Rego e Flávio Rênio Paz da Silva.

A ação atual diz respeito a irregularidades no município de Teixeira, no Sertão da Paraíba, administrado desde 1 de janeiro de 2013 pelo prefeito Nego de Guri, um dos agentes públicos que se engajou diretamente em atos ímprobos, conforme afirma o MPF na ação.

Questionado pela reportagem, o MPF ainda não detalhou a participação da esposa do prefeito no esquema.

Acusações

Segundo o Ministério Público Federal, a empresa Melf foi formalmente contratada para execução das seguintes obras públicas financiadas com recursos federais, em Teixeira: construção de uma unidade básica de saúde, porte I, no bairro Pedra do Galo; restauração e reforma da antiga cadeia pública, localizada na Rua Severino Rêgo; manutenção e pintura do posto de saúde José de Moura Mororó, localizado no bairro Água Azul; e manutenção e pintura do posto de saúde Esdras Guedes, localizado no bairro Bancários.

Segundo a presente ação, as relações entre as pessoas que atuavam em nome das empresas (formal ou informalmente) e pessoas ligadas à Prefeitura de Teixeira em muito ultrapassaram os limites das atividades lícitas, e a própria execução das obras demonstraram que a Melf não passava de empresa de fachada, vez que as construções foram repassadas a Francisco de Assis Ferreira Tavares, que executou com o conhecimento e auxílio do prefeito Nego de Guri e de Edmilson Alves dos Reis Filho, valendo-se de recursos da prefeitura, tais como veículos e insumos.

“De fato, Assis Catanduba, valendo-se do mandato que exerce e da circunstância de sustentar a base parlamentar do prefeito Nego de Guri, utilizou recursos da Prefeitura de Teixeira para executar as obras vencidas formalmente pela Melf”, cita o procurador da República na ação, acrescentando que “as interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça Federal revelaram que a empresa Melf não executava diretamente as obras públicas em Teixeira”. Ainda de acordo com o membro do MPF que assina a peça, os demandados na presente ação de improbidade passaram verdadeiro “recibo da propina”, conforme prova contida na ação, apresentada ao Poder Judiciário. 

A assessoria jurídica da prefeitura de Teixeira informou que as obras citadas na ação do MPF foram realizadas dentro da legalidade e que a empresa Melf foi afastada dos serviços.

Os advogados do prefeito Nego de Guri disseram que irão provar a inocência dele no decorrer do processo. O Blog não conseguiu contato com a defesa do vereador Assis Catanduba, mas o espaço continua aberto para manifestações.

Polêmica Paraíba - Publicado por: Suedna Lira

Para que pensava que só tem vereador mudo, ...

Jovem de 24 anos de idade é eleita primeira vereadora surda da Paraíba, na eleição do último domingo

Nenhuma descrição disponível.

É de Araçagi, na Região de Guarabira, a primeira vereadora surda eleita na Paraíba. Trata-se da jovem Ana Kelly Nunes, a Kelinha de Naldo (Cidadania).

Kelinha de Naldo tem 24 anos é manicure e graduanda em Letras e foi eleita com 421 votos.

Surda desde bebê, Ana falou ao site Congresso em Foco sobre a sua eleição: “Sou a primeira surda a ganhar na minha cidade e no estado inteiro”, ressalta, explicando que suas pautas vão girar em torno de questões de acessibilidade.

“No momento nós não temos nada ou muito pouco de acesso aos deficientes da região, que são praticamente desconhecidos. Eu fui a uma região rural próxima onde os deficientes auditivos ainda se comunicavam por mímica e leitura labial. Uma das minhas prioridade é fazer o censo dos surdos na região”, disse.

WSCOM

Casos de síndrome respiratória

Comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, vê aumento no número de casos de síndrome respiratória

A média de casos na região era de sete por semana em setembro. Em outubro, passou para 13 - quase o dobro


Paraisópolis, em SP, vê aumento no número de casos de síndrome respiratória

FÁBIO MUNHOZ
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A comunidade de Paraisópolis, na zona sul da cidade de São Paulo, tem registrado aumento nos casos de síndrome respiratória nas últimas semanas. Entre os dias 3 e 17 deste mês, as duas ambulâncias contratadas pela associação de moradores para atender a região registraram 90 chamados relacionados a problemas respiratórios.

O número equivale a 70,3% do total de atendimentos realizados no período (128). A coordenadora do serviço de ambulâncias na comunidade, Renata Alves, 40 anos, reconhece o aumento, mas evita falar de elevação nos casos de Covid-19, já que muitos dos pacientes ainda não tiveram diagnóstico confirmado.

A média de casos na região era de sete por semana em setembro. Em outubro, passou para 13 - quase o dobro. Na semana passada, Paraisópolis teve dois óbitos por síndromes respiratórias. As duas mulheres mortas eram da mesma família. Os exames para detecção do novo coronavírus ainda não ficaram prontas.

"As autoridades não fizeram a lição de casa e agora estamos ainda mais vulneráveis. O novo normal é ainda pior, pois a população está mais carente devido à fome e ao desemprego", comenta Gilson Rodrigues, presidente da associação local de moradores. Segundo Rodrigues, a entidade irá intensificar a distribuição de máscaras.

Notícias ao Minuto

Por que não te calas, hein, Eduardo?

Embaixada chinesa reage ao deputado federal Eduardo Bolsonaro e fala em 'consequências negativas'

No Twitter, Eduardo disse que o programa Clean Network, ao qual o Brasil declarou apoio, pretende proteger seus participantes de invasões e violações a informações particulares


Embaixada chinesa reage a Eduardo Bolsonaro e fala em 'consequências negativas'

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A embaixada chinesa no Brasil afirmou nesta terça-feira (24) que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) segue os Estados Unidos para caluniar a China e pediu que a retórica norte-americana seja abandonada para evitar "consequências negativas".

A declaração, postada em redes sociais, é uma resposta a publicações feitas na segunda-feira (23) pelo deputado, que é presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara.

No Twitter, Eduardo disse que o programa Clean Network, ao qual o Brasil declarou apoio, pretende proteger seus participantes de invasões e violações a informações particulares. Segundo ele, a iniciativa afasta a tecnologia da China e evita espionagem do país asiático.

"Isso ocorre com repúdio a entidades classificadas como agressivas e inimigas da liberdade, a exemplo do Partido Comunista da China", completou o deputado, que depois apagou parte das publicações.

Em resposta, também pelo Twitter, a embaixada do país asiático disse que o deputado acusou a China de fazer espionagem cibernética e ressaltou que ele defendeu iniciativa que discrimina a tecnologia de 5G chinesa.

"Tais declarações infundadas não são condignas com o cargo de presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados. Prestam-se a seguir os ditames dos EUA no uso abusivo do conceito de segurança nacional para caluniar a China e cercear as atividades de empresas chinesas. Isso é totalmente inaceitável para o lado chinês e manifestamos forte insatisfação e veemente repúdio a esse comportamento", afirmou.

A representação diplomática disse ainda que a China é o maior parceiro comercial do Brasil, respondendo por 33% das exportações brasileiras.

De acordo com a embaixada, o deputado tem produzido declarações infames que "solapam a atmosfera amistosa entre os dois países" e prejudicam a imagem do Brasil.

"Instamos essas personalidades a deixar de seguir a retórica da extrema direita norte-americana, cessar as desinformações e calúnias sobre a China e a amizade sino-brasileira, e evitar ir longe demais no caminho equivocado tendo em vista os interesses de ambos os povos e a tendência geral da parceria bilateral. Caso contrário, vão arcar com as consequências negativas e carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil", afirmou.

A embaixada disse que os EUA têm um "histórico indecente" em matéria de segurança de dados. Segundo a representação, políticos norte-americanos interferem na construção da rede 5G em outros países e constroem mentiras, além de bloquear a gigante chinesa Huawei.

Neste mês, em um gesto contra a participação da Huawei no futuro mercado de 5G, o governo Jair Bolsonaro declarou apoio aos princípios do Clean Network, iniciativa americana sobre segurança nas redes que tem como alvo limitar a presença chinesa no setor.

Clean Network é o nome do plano americano para excluir a gigante chinesa da infraestrutura de tecnologia 5G em diversos países –o leilão no Brasil está previsto para o ano que vem.

Segundo interlocutores do setor, os princípios do Clean Network são compromissos que os países prometem seguir na área de segurança de redes. Dessa forma, a adesão do Brasil não significa o banimento da Huawei, mas é uma sinalização relevante de que o governo pretende seguir esse caminho no futuro.

O Departamento de Estado Americano não usa meias palavras para definir os objetivos da iniciativa. Em seu site, a diplomacia americana diz que o Clean Network é uma abordagem para proteger a privacidade de cidadãos e as informações sensíveis de empresas de "intrusões agressivas de atores malignos, como o Partido Comunista Chinês".

A principal meta dos EUA é banir ou ao menos limitar a participação da empresa chinesa no leilão da frequência no Brasil sob argumento de que a Huawei repassa informações sigilosas para o governo chinês, o que ameaça a segurança de dados do Brasil e a cooperação com os EUA.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD), afirmou nesta terça-feira (24) que redes de 5G são um tema de segurança nacional, razão pela qual o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) tem participado das conversas no governo sobre o leilão de frequência da nova tecnologia que deve ser realizado no próximo ano.

Notícias ao Minuto

Governador anuncia pagamentos dos servidores públicos da Paraíba

João Azevêdo anuncia folhas de pagamento no valor de R$ 1 bilhão e 300 milhões; valor deve impulsionar economia no Estado

João Azevêdo anuncia folhas de pagamento no valor de R$ 1 bilhão e 300 mi; valor deve impulsionar economia

O governador João Azevêdo anunciou, nesta quinta-feira (26), o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário do funcionalismo público do estado, e da folha de pessoal referente ao mês de dezembro. Na ocasião, o gestor também garantiu o pagamento do abono natalino para 520 mil famílias e do 14º e 15º salários destinados aos prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor – 2020.

As ações, incluindo o pagamento de novembro – nos dias 27 e 30 deste mês – representam um impacto financeiro superior a R$ 1,3 bilhão nos cofres públicos estaduais que serão injetados nos próximos 26 dias, fomentando a economia da Paraíba no período natalino e garantindo o fortalecimento dos setores de comércio e serviços.

Conforme o calendário anunciado pelo chefe do Executivo estadual, a segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores será paga no próximo dia 10. Já o pagamento de dezembro será efetuado nos próximos dias 23 e 24. O abono natalino será pago entre os dias 10 e 23 de dezembro, beneficiando 520 mil famílias inscritas no programa Bolsa Família na Paraíba.

Já o 14º e 15º salários dos professores serão pagos no dia 23 dezembro. A iniciativa do Governo do Estado premia experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas em escolas da Rede Estadual de Ensino. Este ano, a gestão estadual, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, inovou com uma série de ações para atender aos estudantes em virtude da suspensão das aulas presenciais provocadas pela pandemia do coronavírus, a exemplo do Regime Especial de Ensino e da TV Paraíba Educa.

“Apesar da crise econômica gerada pela Covid-19, a eficiência da gestão fiscal do estado permitiu que fizéssemos esse anúncio que irá gerar um forte impacto na economia da Paraíba pelos próximos 26 dias, incrementando diversos setores do nosso estado que estão retomando as suas atividades. Apesar de todas as dificuldades, conseguimos manter o pagamento do funcionalismo sempre dentro do mês trabalhado e também antecipamos a primeira parcela do décimo terceiro, o que representa o nosso compromisso com os servidores e com o povo da Paraíba que terá, com os cuidados necessários que a pandemia ainda impõe, um Natal mais tranquilo”, ressaltou o governador João Azevêdo.

Confira o calendário de pagamentos:

27/11 – pagamento dos salários de novembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados

30/11 – pagamento dos salários de novembro dos servidores da ativa das administrações direta e indireta

10/12 – pagamento da segunda parcela do 13º salário do funcionalismo público estadual

10/12 a 23/12 – pagamento do abono natalino a beneficiários do Bolsa Família

23/12 – pagamento dos salários de dezembro dos servidores aposentados, pensionistas e reformados e 14º e 15º salários dos prêmios Mestres da Educação e Escola de Valor

24/12 – pagamento dos salários de dezembro dos servidores da ativa das administrações direta e indireta

Polêmica Paraíba - Publicado por: Rebeka Melo

Marido traído estraga chá “revelação”

Em chá revelação, homem mostra para todos que era traído há 3 anos: ‘Grávida do melhor amigo’ 

Em chá revelação, homem mostra para todos que era traído há 3 anos: ‘Grávida do melhor amigo’ – VEJA VÍDEO

A moda entre as mulheres grávidas é o chamado chá “revelação”. Nessa comemoração o sexo da criança é divulgado para os pais, e para os convidados. Esse é um momento marcante para os futuros papais. E não foi diferente para um casal no Equador, o que seria para revelar o sexo do bebê revelou muito mais que o esperado.

Durante a festa, o marido da gestante  começa seu discurso apresentando seu advogado, o que deixou todo surpresos. Em seguida, o “pai” da bebê mostra uma ultrassonografia. “Aqui, tenho a prova da gravidez, vocês sabem que vou ser papai, mas tem um pequeno detalhe, meu amor”, diz ele, dirigindo-se à esposa, que já está inquieta. “Aqui, tenho a prova de que não são quatro meses e sim seis meses de gestação”, diz ele. A grávida se levanta e a família dela já começa a pedir explicações. “Fica tranquila, meu amor, só quero esclarecer um pequeno detalhe”, continua ele, pedindo para que ela fique calma.

O advogado, então, tira um notebook da maleta e mostra um vídeo em que a esposa está com o amante, os dois de toalha. Pouco depois, é revelado que o homem que aparece no vídeo está na festa, dando início à confusão. “Não precisam ir embora, essa festa é para os dois e não para mim”, diz o marido traído, que vai embora. Enquanto a esposa vai atrás do marido, o amante é atacado pelos convidados. Uma mulher chega a atirar um bolo na cabeça do homem, que sai do local.

Segundo Miguel, o esposo traído, a mulher estava tendo um caso há mais de três anos. O vídeo já teve mais de 84 mil visualizações e quase 5 mil comentários. 

Fonte: Polêmica Paraíba - Créditos: EXCLUSIVO 24H E POLÊMICA PB - Publicado por: Rebeka Melo

Ex-presidente dos Estados Unidos detona Lula, "o cara"

Depois de dizer que Lula era o cara, Barack Obama detona o petista: “Escrúpulos de chefão do crime e corrupção bilionária”

Em 2009, no auge de sua popularidade, Lula foi considerado "o cara" (the man) pelo presidente dos EUA, Barack Obama

Por Ricardo Kertzman 

Não se sabe quando, mas Barack Hussein Obama, ex-presidente americano, declarou em seu livro de memórias (Uma Terra Prometida), que tinha conhecimento de suspeitas de corrupção bilionárias no governo do corrupto e lavador de dinheiro, Lula da Silva, a quem, certa vez, tadinho, chamou de “o cara”.

Antes tarde do que nunca, né? Mas Barack Hussein que não venha, agora, posar de ludibriado, pois não é. Seria impossível que o presidente dos EUA, simplesmente a maior potência econômica e militar do planeta, não soubesse de todos os mega esquemas de propina que abasteciam a cleptocracia lulopetista.

O democrata escreveu sobre o presidiário (provisoriamente em liberdade, por conta e graça de seis ministros do STF): “Ex-líder sindical grisalho e cativante (eu: quase todo criminoso é cativante), com uma passagem pela prisão por protestar contra o governo militar (eu: prisão de um mês), e eleito em 2002”.

E continuou, Hussein: “Constava também que tinha os escrúpulos de um chefão do Tammany Hall (organização política criminosa que dominou Nova Iorque por 200 anos), e circulavam boatos (eu: boatos??) de clientelismo governamental, negócios por baixo do pano e propinas na casa dos bilhões”.

Procurado pela imprensa, o gatuno petista preferiu não se pronunciar. Fico imaginando o porquê, afinal, de líder sindical cativante a líder de ladrões de bilhões de reais, não deve ser fácil para “o cara” encarar a verdade, dita por um insuspeito político de notoriedade mundial. A “alma mais honesta deste paíff” já era. Was gone!

https://istoe.com.br/obama-detona-lula-escrupulos-de-chefao-do-crime-e...

Com apoio de Lula, ex-governador da Paraíba fica fora do 2º turno em João Pessoa

Lula pediu votos para Ricardo Coutinho contra o candidato do PT na capital da Paraíba; o ex-governador ficou em 6º lugar no 1º turno


Mesmo com o número do PT nas urnas da cidade de João Pessoa na disputa de 15 de novembro, Lula decidiu gravar um pedido de votos para Ricardo Coutinho, do PSB.

— No dia 15, vamos votar em Ricardo Coutinho para gente recuperar o prazer de fazer política e (…) devolver a dignidade e grandeza a João Pessoa — disse o ex-presidente, acrescentando que Ricardo Coutinho foi o melhor prefeito da capital da Paraíba.

Acusado pelo Ministério Público de chefiar uma organização criminosa, o ex-governador Ricardo Coutinho chegou a ser preso pela Operação Calvário.

O PT teve candidato a prefeito em João Pessoa na eleição de domingo passado: o deputado estadual Anísio Maia. A direção nacional tentou retirar o nome dele em favor de Ricardo Coutinho, mas a Justiça Eleitoral impediu.

Ricardo Coutinho teve de tirar do ar a propaganda com Lula depois de uma decisão da Justiça Eleitoral. Um candidato entrou com o pedido alegando que o ex-presidente tomou mais de 25% do tempo da peça, o que é proibido pelas regras eleitorais.

Explicitamente apoiado por Lula, o ex-governador da Paraíba teve apenas 38.969 votos (10,68%) para prefeito de João Pessoa e ficou fora do 2º turno, com a 6ª colocação entre os 14 candidatos que participaram da disputa do último domingo, 15.

Fonte: Blog JURU EM DESTAQUE com O Globo ´Créditos: Lauro Jardim - Publicado por: Larissa Freitas

Privacidade violada

Vazamento de senha do Ministério da Saúde expõe dados de 16 milhões de pacientes de Covid

Entre as pessoas que tiveram a privacidade violada, estão o presidente Jair Bolsonaro e familiares e membros do governo 

Ao menos 16 milhões de brasileiros que tiveram diagnóstico suspeito ou confirmado de Covid-19 ficaram com seus dados pessoais e médicos expostos na internet durante quase um mês por causa de um vazamento de senhas de sistemas do Ministério da Saúde. 

Entre as pessoas que tiveram a privacidade violada, com exposição de informações como CPF, endereço, telefone e doenças pré-existentes, estão o presidente Jair Bolsonaro e familiares; o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello; outros seis titulares de ministérios, como Onyx Lorenzoni e Damares Alves; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e mais 16 governadores, além dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

A exposição de dados não foi causada por ataque hacker nem por falha de segurança do sistema. Eles ficaram abertos para consulta após um funcionário do Hospital Albert Einstein divulgar uma lista com usuários e senhas que davam acesso aos bancos de dados de pessoas testadas, diagnosticadas e internadas por covid nos 27 Estados.

Conforme o Einstein, o hospital tem acesso aos dados porque está trabalhando em um projeto com o ministério.

Com essas senhas, era possível acessar os registros de covid-19 lançados em dois sistemas federais: o E-SUS-VE, no qual são notificados casos suspeitos e confirmados da doença quando o paciente tem quadro leve ou moderado, e o Sivep-Gripe, em que são registradas todas as internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), ou seja, os pacientes mais graves.

A exposição dos dados foi descoberta pelo jornal O Estado de S. Paulo após uma denúncia recebida pela reportagem com o link para a página onde as senhas dos sistemas estavam disponíveis. A planilha com as informações foi publicada em 28 de outubro no perfil pessoal de Wagner Santos, cientista de dados do Einstein, na plataforma github, usada por programadores para hospedar códigos e arquivos.

A reportagem acessou o sistema para checar a veracidade dos dados. Ao verificar que as senhas eram válidas, buscou registros de autoridades que já haviam divulgado publicamente diagnóstico ou suspeita de covid e confirmou que os dados estavam corretos.

Os bancos de dados do ministério trazem, além das informações pessoais dos pacientes, detalhes considerados confidenciais sobre o histórico clínico, como a existência de doenças ou condições pré-existentes, entre elas diabete, problemas cardíacos, câncer e HIV.

Alguns registros de pacientes internados traziam até informações do prontuário, como quais medicamentos foram administrados durante a hospitalização. No registro de Pazuello, por exemplo, era possível saber em qual andar do Hospital das Forças Armadas ele ficou internado e qual profissional deu baixa em sua internação.

Tanto pacientes da rede pública quanto da privada tiveram seus dados expostos. Isso porque a notificação de casos suspeitos ou confirmados de covid ao Ministério da Saúde é obrigatória a todos os hospitais.

Para o advogado Juliano Madalena, professor de Direito Digital e fundador do fórum direitodigital.io, o vazamento das senhas e exposição dos dados que deveriam ser resguardados pelo poder público é preocupante. De acordo com o especialista, as informações podem ser usadas para fins comerciais por diferentes empresas. "Dados de saúde podem ser usados por empresas do ramo que queiram criar produtos específicos voltados para um público, por empresas de seguro de vida ou planos de saúde de forma indevida, muitas vezes até com aspecto discriminatório, pois você tem as informações sobre o histórico de saúde da pessoa", diz.

O advogado diz que, considerando a Lei Geral de Proteção de Dados, é dever de quem controla e acessa os dados adotar medidas que evitem vazamentos. Nesse caso, tanto o Einstein e seu funcionário quanto o Ministério da Saúde podem ser responsabilizados por dano coletivo por terem exposto informações de milhões de pessoas. 

Notícias ao Minuto com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Higienização das praças da cidade de Água Branca, na Paraíba

PREFEITURA DE ÁGUA BRANCA, NO SERTÃO DA PARAÍBA, REALIZA HIGIENIZAÇÃO DAS PRAÇAS DA CIDADE

Na última quinta-feira, 20 de novembro, a Prefeitura Municipal de Água Branca, na região da Serra do Teixeira, no Sertão da Paraíba, mobilizou os servidores da Secretaria de Infraestrutura e realizou a higienização das praças da cidade.

A Praça São Pedro, localizada em frente a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, no centro da cidade, recebeu atenção toda especial por conta da proximidade das festividades da padroeira de Água Branca.

O objetivo do governo municipal é prestar um serviço de limpeza pública cada vez melhor.

ASCOM PMAB/JN

Casos da Covid-19 em Água Branca divulgados na última segunda-feira

ÚLTIMO BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DA SECRETARIA DE SAÚDE DE ÁGUA BRANCA SOBRE A COVID-19 CONFIRMAM MAIS 09 NOVOS CASOS NO MUNICÍPIO

O último Boletim Epidemiológico sobre a Covid-19 em Água Branca, no Sertão da Paraíba, foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na última segunda-feira, dia 23 de novembro. Os dados confirmam mais 9 casos positivos da doença no município.
De acordo com o boletim, Água Branca chega a 213 casos dos quais 198 já estão recuperados e 14 estão em tratamento domiciliar. Uma pessoa morreu em decorrência do novo coronavírus.
Segundo a Secretaria de Saúde, as informações deste boletim reúnem os dados acumulados da Vigilância Epidemiológica Municipal referente as notificações de todos os serviços de saúde do município. 
Nenhuma descrição disponível.

Prefeitura de Tavares promove evento de conscientização do câncer de próstata

SECRETARIA DE SAÚDE DE TAVARES, NA PARAÍBA, REALIZA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL ESPECIAL DESTINADA À POPULAÇÃO MASCULINA 

A Secretaria Municipal de Saúde de Tavares, no Sertão da Paraíba, desenvolve uma programação especial no município com foco na promoção da saúde e no incentivo para que os homens busquem o atendimento médico preventivo de doenças que atingem a população masculina. Com este objetivo, irá promover nesta sexta-feira, dia 26 de novembro, o dia D da campanha, na Creche Maria de Fátima Oliveira, situada no bairro Chiquinho Almeida.

O evento contará com médico urologista, realizando palestras e atendimentos aos homens, ainda serão realizados testes rápidos de PSA, aferição de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, testes rápidos para COVID-19, distribuição de panfletos informativos, lembrancinhas e lanches.

Novembro Azul 

O movimento Novembro Azul teve origem em 2003, na Austrália, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina, sobretudo o câncer de próstata, um dos mais comuns entre homens no Brasil.

Ascom - PMT

Prefeitura de Juru divulga novo boletim da Covid-19 no município

COM 211 CASOS DE COVID-19 CONFIRMADOS, PREFEITURA DE JURU DIVULGA BOLETIM DESTA QUINTA-FEIRA

A Prefeitura Municipal de Juru, no Sertão da Paraíba, divulgou nesta quinta-feira, 25 de novembro, mais um Boletim Epidemiológico informando sobre a situação do novo coronavírus no município.

De acordo com os dados informados, Juru tem 211 casos confirmados de Covid-19, seis a mais do que o número registrado no boletim anteriormente divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. 

Ainda segundo o boletim, 203 pessoas foram recuperadas e 07 estão em recuperação. Após realização de exames, foram descartados 1.062 casos e 15 estão sendo investigados. Não há pacientes internados com a doença, e desde o início da pandemia apenas 01 pessoa perdeu a vida. 

O governo municipal lembra que a melhor forma de prevenção é seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde, evitar aglomerações e ficar em casa. 

Faça a sua parte, portanto!



Boletim Epidemiológico da Covid-19 em Tavares - PB

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE TAVARES, NA PARAÍBA, DIVULGA DADOS DO NOVO CORONAVÍRUS NO MUNICÍPIO

A Secretaria Municipal de Saúde de Tavares, no Sertão da Paraíba, divulgou na última quarta-feira, 24, o Boletim Epidemiológico da Covid-19 - o novo coronavírus.

De acordo com a secretaria, o município está com 259 casos confirmados, com 246 já recuperados e 11 em tratamento e isolamento.

O boletim também contabiliza 19 casos suspeitos que estão aguardando resultado de exame laboratorial, enquanto 534 casos foram descartados após resultado negativo dos exames para Covid-19.  Duas pessoas morreram em Tavares vítimas do novo coronavírus.

A Secretaria Municipal de Saúde continuará monitorando a situação do município e seguirá atualizando as informações ao público, alertando para a importância de manter-se em isolamento social e tomar os cuidados necessários seguindo as recomendações das entidades sanitárias e de saúde.

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Casos de coronavírus em Princesa Isabel, na Paraíba

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO CONFIRMA MAIS DOIS NOVOS CASOS DE COVID-19 EM PRINCESA ISABEL

O Boletim Epidemiológico divulgado na tarde desta terça-feira, dia 24 de novembro, pelo Comitê Gestor da Crise Covid-19 em Princesa Isabel, aponta que o município já tem 281 casos confirmados da Covid-19 - o novo coronavírus.

Os dados confirmam um aumento de mais 2 casos em relação a última atualização, que ocorreu na segunda-feira, dia 23, quando apontava  279 casos.

Segundo os dados, Princesa Isabel tem  20 pacientes em recuperação,  247 recuperados, 29 em investigação, 655 descartados e 14 mortes. Veja abaixo.

BOLETIM 172 – 24/11/2020

O Comitê Gestor da Crise COVID-19, em Princesa Isabel, informa:

1. Até o momento foram atendidos no Hospital Regional Deputado José Pereira Lima, UPA 24h e na Rede de Atenção Básica 969 pessoas suspeitas de infecção por COVID-19 (Coronavírus); desses, 655 foram descartados,  285 confirmados e 29 casos estão em investigação. Dos confirmados, 247 foram recuperados e 14 foram a óbito. Foram notificadas e assinaram o Termo de Compromisso da Quarentena nas Barreiras Sanitárias e/ou pela equipe de Atenção Básica cerca de 2.000 pessoas vindas de outras regiões do país, as quais cumpriram o isolamento social sob a orientação e fiscalização da equipe de epidemiologia e de atenção básica.

2. Reiteramos que todas as medidas utilizadas para atestar como casos suspeitos e casos descartados, seguem rigorosamente o que preconiza o Ministério da Saúde;

3. As determinações do Ministério da Saúde para achatar a curva epidemiológica da disseminação da COVID-19 continuam massificadas;

4. Segundo a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde, o isolamento social é a mais importante medida de contenção da disseminação do Coronavírus; só saia de casa em situação de extrema necessidade.

5. As determinações contidas no Decreto Municipal 07 de 21 de março de 2020 DEVEM ser cumpridas; sua desobediência está sujeita ao uso da força policial e medidas judiciais.

6. O uso de máscaras é obrigatório em todo o município de Princesa Isabel, conforme decreto editado e publicado na íntegra na página oficial do governo municipal e redes sociais da prefeitura.

Princesa Isabel, 24 de novembro de 2020. 

Ascom - PMPI

Parlamentares paraibanos infectados pelo coronavírus

Nove deputados paraibanos, sendo oito estaduais e um federal têm ou já tiveram a Covid-19

Pelo menos nove parlamentares paraibanos já entraram ou estão na lista dos políticos infectados pelo coronavírus. Destes, oito são deputados estaduais e apenas um é deputado federal.

Na Câmara Federal, a deputada Edna Henriques (PSDB), única mulher representante na bancada paraibana, foi o alvo. Ela a filha, a médica Micheila, e o esposo, deputado João Henrique (PSDB) foram diagnosticados com a doença logo após a campanha eleitoral.

Deputada federal Edna Henrique, Drª Micheila e o deputado estadual João Henrique

Na Assembleia, além do deputado João Henrique, já tiveram a Covid-19 os seguintes parlamentares: Ricardo Barbosa (PSB), cuja alta foi dada na semana passada. Ele passou quase 15 dias internado; Branco Mendes (Podemos); Camila Toscano (PSDB); Raniery Paulino (MDB);  Wilson Filho (PTB); Júnior Araújo (Avante) e Taciano Diniz (Avante). O deputado Felipe Leitão, também do Avante, chegou a entrar na linha dos suspeitos de contágio, mas o exame deu negativo.

Essa semana, por orientação do Departamento Médico, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) determinou a suspensão do trabalho presencial na Casa após mais de 30 servidores serem diagnosticados com a Covid-19.

Deputado estadual Adriano Galdino, presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba

O presidente avaliou o momento atual como delicado e ressaltou que o novo coronavírus possui rápida transmissibilidade, “tornando-se capaz de contaminar um alto número de pessoas ao mesmo tempo”, o que pode desestabilizar o sistema de saúde. “A medida visa proteger a saúde dos servidores”, afirmou.

O presidente acrescenta que a Casa tem o compromisso de preservar a saúde dos seus servidores, assim como, dos cidadãos e da sociedade, “através da adoção de medidas que visam prevenir e conter a propagação do coronavírus”.

Adriano Galdino disse também que o retorno das atividades presenciais irá “depender do comportamento dos indicadores epidemiológicos e, caso haja constatação de novos casos de contaminação de servidores, a suspensão das atividades administrativas presenciais poderá ser prorrogada”.

PB Agora

Morte de ex-prefeita paraibana é lamentada por deputado

Deputado estadual Wilson Filho lamenta a morte precoce da ex-prefeita de Vieirópolis por Covid-19

 

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) lamenta o falecimento da ex-prefeita de Vieirópolis, Francisca Santa Nóbrega Oliveira, aos 66 anos de idade. Santa Oliveira, como era conhecida, faleceu nesta quinta-feira (25) em decorrência de complicações da Covid-19.

“Uma mulher muito querida em todo o Sertão pela marca que imprimiu como gestora pública, com sensibilidade e um olhar muito humano do próximo. Minhas orações e meus pensamentos se voltam agora aos familiares e amigos, que estão sofrendo muito neste momento de dor”, lamentou o deputado.

Santa Oliveira, como conhecida, era assistente social de formação e administrou a Prefeitura de Vieirópolis entre janeiro de 1997 e dezembro de 2004, completando os oito anos.

Santa Oliveira era mãe de três filhos, Patrícia, Neto e Rodolfo Oliveira (atual presidente da Câmara Municipal de Vieirópolis). Santa Oliveira era casada com o ex-vereador de Sousa, Ricélio Oliveira.

PB Agora

Primeira prefeita eleita de cidade paraibana morre de Covid-19

Morre Francisca Santa Oliveira, 1ª prefeita eleita pelo município de Vieirópolis, vítima de Covid-19

A confirmação da morte da ex-prefeita Santa Oliveira chocou o Município de Vieiropolis.


Na manhã desta quarta-feira (25), familiares receberam a informação que Francisca Santa Oliveira, 1ª prefeita eleita do Município de Vieirópolis no Sertão da Paraíba veio a óbito no Hospital Universitário m João Pessoa, aonde permanecia interna há vários dias vítima de Covid-19.

A confirmação da morte da ex-prefeita Santa Oliveira chocou o Município de Vieiropolis.

O esposo, Dr. Ricélio Oliveira, também acometido de covid-19, permanece internado.

Santa Oliveira foi a 1ª prefeita eleita após emancipação Vieirópolis em 1996, e exerceu o mandato por duas vezes. A ex-prefeita é mãe do Vereador Neto de Santa, reeleito com maioria absoluta nas eleições do dia 15 de outubro.

Repórter PB

Candidato a prefeito da capital da Paraíba 'leva terror a população'

Governo do Estado desmente lockdown alardeado por determinado candidato a prefeito em João Pessoa


O Governo do Estado vem a público esclarecer e tranquilizar a população paraibana que não está sendo estudado fechamento do comércio e das atividades econômicas, nem muito menos qualquer decretação de lockdown, conforme vem alardeando em suas entrevistas e propaganda política um determinado candidato à Prefeitura de João Pessoa.

Em busca desesperada para obter dividendos eleitorais, atropela-se a verdade e o respeito à vida, levando-se o terror à população, que já sofre com os efeitos de uma pandemia na vida de todos os paraibanos.

O Governo do Estado mantém a mesma serenidade e firmeza de ações desde o início desta crise sanitária, em março deste ano, antecipando-se aos fatos e garantindo atendimento em toda as unidades de saúde, com a abertura de novos leitos, além da distribuição de máscaras, testes, contratação de profissionais de saúde e assistência social aos mais necessitados.

Em nenhum momento foi decretado lockdown, mas foram tomadas todas as providências para preservar vidas e ao mesmo tempo manter a Paraíba funcionando. Com a responsabilidade que o momento exige de todos os governantes.

Governo do Estado 

PB Agora

João Pessoa não terá festa de réveillon nem queima de fogos

Prefeitura Municipal de João Pessoa cancela queima de fogos e festa de réveillon devido à pandemia

Eventos são realizados tradicionalmente no Busto de Tamandaré, na divisa das praias de Tambaú e Cabo Branco

A Prefeitura de João Pessoa decidiu que não vai realizar nem a festa de réveillon nem a queima de fogos que marcariam a chegada do ano novo. Tradicionalmente realizados no Busto de Tamandaré, na divisa das praias de Tambaú e Cabo Branco, os eventos foram cancelados por causa da pandemia de coronavírus.

Trata-se de uma decisão tomada pessoalmente pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV). Mas, depois, quem passou os detalhes sobre a medida foi Maurício Burity, diretor da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

“Com o momento que estamos passando com a Covid-19, não temos como realizar uma festa dessas. É impossível garantir o distanciamento social”, explicou Burity.

Maurício frisou também que a decisão se deu depois de um acompanhamento cuidadoso com relação ao número de casos da doença, que são diariamente repassados pela Secretaria de Saúde.

Com isso, é o terceiro evento cultural que aconteceria em dezembro e que acabou sendo cancelado. Isso porque já havia sido decidido sobre a não realização da oitava edição do Festival de Música Clássica, inicialmente programado para a primeira semana de dezembro.

“Como o Festival exige um planejamento muito mais intenso e demorado, resolvemos logo no início da pandemia cancelá-lo. Ficamos em compasso de espera com relação aos outros eventos no aguardo de uma vacina, mas agora já sabemos que ela não chegará a tempo”, explicou.

Por fim, o coordenador da Funjope disse que não há nenhum planejamento pensado também para o carnaval de 2021, justamente por causa da pandemia. E, agora, ficará a cargo do novo prefeito qualquer decisão.

Isso acontece porque Luciano Cartaxo encerra seu segundo mandato no fim deste ano. O próximo prefeito, a ser definido no domingo (29), será ou Cícero Lucena (Progressistas) ou Nilvan Ferreira (MDB).

G1