sábado, 24 de julho de 2021

Prefeitura de Juru inaugura Portal com imagem de São Sebastião

Solange Félix entrega neste sábado (24) Portal de Boas Vindas à Juru, com instalação da estátua de São Sebastião, co-padroeiro da cidade

Homenageando a religiosidade da sua gente, a Prefeitura Municipal de Juru, no Sertão da Paraíba, entrega à população juruense um Portal de Boas Vindas, construído no Contorno Rodoviário da cidade localizado na PB-306, denominado Luiz Morais Nunes.

Na belíssima rotatória, que já se tornou ponto turístico pelo número de pessoas que se dirigem ao local para registrar o momento em fotografias, foram instalados uma imponente estátua do co-padroeiro da cidade, São Sebastião, e um letreiro de 'Boas Vindas' aos visitantes, além de jardinagem e iluminação.

Imagem de São Sebastião, co-padroeiro da cidade de Juru, no Sertão da Paraíba

A obra tem a assinatura do um engenheiro civil juruense, o jovem Júlio César Barbosa, cuja construção teve início ainda na gestão do ex prefeito Luis Galvão e foi concluída pela prefeita Solange Félix, que tem dado continuidade ao trabalho do seu antecessor.  

“Estamos buscando sempre deixar a nossa querida Juru mais bela. Essa obra, sem dúvida, tem chamado à atenção de quem passa pelo contorno rodoviário”, diz em nota a prefeita.

A inauguração do portal acontecerá neste sábado, dia 24 de julho, às 16h00. 

"Estamos longe do fim da pandemia", diz o diretor regional da OMS

Variante Delta já é dominante na Europa e deve predominar no mundo, diz Organização Mundial de Saúde (OMS)

O mutante, cuja capacidade de contágio é o dobro da do Sars-Cov-2, "está se espalhando rapidamente pelo continente e já chegou a todos os países"


Delta já é dominante na Europa e deve predominar no mundo, diz OMS

BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) - A variante delta, identificada primeiramente na Índia, se tornou dominante na Europa, anunciaram nesta sexta (23) a seção europeia da OMS (Organização Mundial da Saúde) e o ECDC (centro de controle de doenças europeu).

O mutante, cuja capacidade de contágio é o dobro da do Sars-Cov-2, "está se espalhando rapidamente pelo continente e já chegou a todos os países", segundo as entidades.

De acordo com a vigilância sanitária em 19 países europeus com dados completos de sequenciamento genético, de 28 de junho a 11 de julho deste ano a variante delta correspondia a 68,3% das amostras (valor médio), o triplo da proporção da alfa (22,3%), anteriormente dominante.

Com base nas tendências atuais, a variante delta se tornará nos próximos meses "globalmente dominante e continuará a se espalhar, a menos que surja um novo vírus mais competitivo", afirmaram as entidades.

"Estamos longe do fim da pandemia. Milhões continuam não vacinados e correm o risco de acabar no hospital", disse o diretor regional da OMS, Hans Kluge, pedindo que sejam redobradas medidas de prevenção ao contágio e campanhas de imunização.

A preocupação das autoridades de saúde cresceu nas últimas semanas, por causa das férias de verão, que provocaram um forte aumento nas viagens nacionais e internacionais.

"Viajar e reunir-se em grupos aumentam o risco de contrair Covid-19 e transmiti-la", afirmaram OMS e ECDC.

Andrea Ammon, diretora do ECDC, afirmou que medidas básicas como distanciamento físico, lavar as mãos, evitar espaços lotados e usar máscara deveriam ser priorizadas, porque previnem a propagação da doença sem exigir confinamentos ou outras restrições.

O número de novos casos de Covid-19 sobe na Europa há várias semanas em todas as faixas etárias, segundo OMS e ECDC, mas "mais rapidamente entre as pessoas de 15 a 24 anos". Entre os mais jovens, as notificações quintuplicaram no último mês.

A variante delta provocou um repique de contaminação mesmo em países cuja vacinação completa já atinge a maioria da população, como o Reino Unido, onde cerca de 57% dos habitantes já tomaram todas as doses necessárias.

A OMS recomenda que os países aumentem o acesso a testes gratuitos, expandam o sequenciamento, incentivem a quarentena de contatos e o isolamento de casos confirmados, fortaleçam o rastreamento de contatos para quebrar as cadeias de transmissão e vacinem os mais vulneráveis.

Notícias ao Minuto

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Vereadora juruense entrará com ação para receber pagamento de mercadorias

Denise Félix diz que acionará Justiça para receber pagamento de materiais fornecidos por sua empresa para Prefeitura de Juru

Após devolver recursos recebidos de mercadorias vendidas à Prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, a vereadora Denise Félix afirma que entrará na Justiça para receber do governo municipal os valores referentes aos produtos que foram fornecidos pela Casa de Construções São Sebastião, empresa de sua propriedade.

Segundo Denise, a medida será tomada para que sua empresa não fique prejudicada com a falta de pagamento das mercadorias que foram vendidas ainda na gestão anterior, cuja aquisição está devidamente documentada e os itens puderam ser encontrados nos depósitos da prefeitura.

"Não se trata de criar embaraços para atual gestão nem também para a administração anterior, mas, sim, o meio correto para receber pelos produtos que foram vendidos à prefeitura. Pois, quem vende precisa receber", afirmou a parlamentar.

A respeito da ausência do procedimento licitatório que motivou a decisão para que os recursos recebidos fossem devolvidos aos cofres da prefeitura, Denise ressaltou que a falha foi do setor competente da gestão passada, responsável pela realização dos empenhos e liquidação das despesas.

Os materiais, ainda segundo ela, foram adquiridos pela prefeitura de Juru antes da sua diplomação, como vereadora.

Prefeito de Princesa Isabel anuncia obras e serviços com presença de Veneziano

Prefeitura de Princesa Isabel entrega um dos maiores pacotes de obras e serviços da história do município

pref 1 - Prefeitura Princesa Isabel entrega um dos maiores pacotes de obras e serviços da história do município

O Governo Municipal de Princesa Isabel entregou, na última segunda-feira (19), uma série de obras e serviços que já trazem e trarão ainda mais benefícios à população.

Na ocasião, foi realizado simbolicamente o descerramento das placas de 8 obras: reforma da Unidade Básica de Saúde de Lagoa da Cruz; Praça Cassiano Firmino de Oliveira Neto, no bairro da Baixa; sala do Instituto de Previdência Municipal Doutor Antônio Nominando Diniz; Sala do Posto de Identificação José Belarmino de Sousa; Sala da 123º Junta de serviço Militar 2º Tenente Geraldo Paes Leme Amaral; Sala de licitação do Município de Princesa Isabel; Sede Administrativa do Governo Prefeito Luiz Gonzaga de Sousa (Gonzaga Bento) e novo Gabinete do Prefeito Doutor Aloysio Pereira Lima.

Além disso, o prefeito Ricardo Pereira, juntamente com o vice José Casusa, entregou a sala do Posto de Atendimento do Sebrae, CDL e Procon-PB e a pavimentação de 7 ruas: Generosa Gomes de Lima, Deputado Aloysio Pereira Lima (PPP), Brigadeiro Pedro Frazão, Governador Pedro Gondim, Pedro Sobreira Duarte, Manoel Francisco Sobrinho e a principal do povoado de Cachoeira de Minas.

A cerimônia, que ocorreu de forma híbrida (presencial e on-line), ocorreu na quadra poliesportiva da Escola Municipal Carlos Alberto Medeiros Duarte Sobreira e contou com a participação do Senador da República Veneziano Vital do Rego, do Deputado Estadual Hervázio Bezerra, do vice prefeito da capital João Pessoa, Léo Bezerra, do vereador também da capital Odon Bezerra, da superintendente do Procon-PB Késsia Cavalcante e da representante do Sebrae-PB Ana Estefânia, além de vereadores e secretários do município e outras autoridades locais e regionais.

Fonte: PB Agora - Créditos: Polêmica Paraíba - Publicado por: Adriany Santos

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Ex-governador da Paraíba tem recurso negado por unanimidade

OPERAÇÃO CALVÁRIO: Por unanimidade, ex-governador Ricardo Coutinho tem recurso rejeitado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba

20191220112514920154o e1622819399384 - OPERAÇÃO CALVÁRIO: Ricardo Coutinho tem recurso rejeitado pelo Tribunal de Justiça 

Os desembargadores do Tribunal de Justiça da Paraíba rejeitaram, por unanimidade,  o recurso apresentado pela defesa de Ricardo Coutinho para derrubar o sequestro de bens dele na Operação Calvário. O julgamento do recurso aconteceu na noite desta quarta-feira (21).

Ricardo Coutinho argumentou, em sua defesa, que o patrimônio sequestrado foi adquirido de forma lícita, que o bloqueio estaria lhe causando prejuízos e que os valores são necessários para seu sustento e de sua família.

Na sua argumentação, o advogado Eduardo Cavalcante elencou que não há provas de que Ricardo Coutinho estivesse se desfazendo de seu patrimônio, que o valor de R$ 134 milhões é astronômico e que o STF já destacou a impossibilidade de sequestro de bens para eventuais danos morais à fazenda pública.

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator do recurso, apontou durante o seu voto que não procedem os argumentos do ex-governador. “Os argumentos elegidos pelo recorrente não procedem”, declarou.

Ricardo Coutinho é investigado na Operação Calvário por desvios de recursos da Saúde e Educação do Governo da Paraíba. Ele foi alvo de mais uma denúncia na Operação Calvário, neste mês, dessa vez por esquema de servidores ‘codificados’.

Em agosto de 2020, o desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário, determinou o sequestro de bens no valor de R$ 134,200 milhões de 35 investigados pela Operação Calvário, incluindo o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho.

Com a decisão, estão bloqueados os ativos financeiros dos réus até o valor de R$ 134,200 milhões. Caso o valor dos ativos não seja suficiente, ficam bloqueados os veículos e imóveis que estejam em nome dos réus até que o valor mínimo seja atingido. Embarcações e aeronaves também podem ser bloqueadas caso os réus as possuam.

Banco Central anuncia atualização do Pix

Pix poderá ser usado em aplicativos de mensagens e compras on-line para ampliação do sistema de pagamentos instantâneos

Entre as inovações do sistema está a possibilidade de realizar uma transferência por meio de aplicativos como os de mensagens ou mesmo pelas redes sociais


Pix poderá ser usado em aplicativos de mensagens e compras on-line

O Banco Central (BC) anunciou hoje uma atualização do Pix para ampliar o uso do sistema de pagamentos instantâneos. Com as alterações, será possível fazer transferências por meio de aplicativos de mensagens e redes sociais, além de pagar as compras feitas pela internet.

Para isso, uma resolução do BC, anunciada hoje, regulamenta regras para as instituições financeiras participantes do open banking (sistema de compartilhamento de dados). Somente essas instituições poderão oferecer os novos serviços. Foram definidos os requisitos técnicos e os procedimentos operacionais para o compartilhamento do serviço de iniciação de transação de pagamento de Pix. A chamada iniciação ocorre quando a instituição que faz a transação do pagamento com Pix é diferente do banco que detém a conta do usuário pagador. Ou seja, o usuário poderá efetuar o pagamento por meio de outro aplicativo que não é o do seu banco onde a conta com a chave Pix foi cadastrada.

A previsão é que o serviço, que é uma nova modalidade para pagamentos instantâneos no Pix, comece a funcionar a partir do dia 30 de agosto.

O serviço vai permitir a movimentação de contas bancárias a partir de diferentes plataformas e não apenas pelo aplicativo ou site do banco. Ou seja, com a atualização, será possível efetuar o pagamento com Pix usando o serviço de outras instituições.

Entre as inovações também está a possibilidade de realizar uma transferência por meio de aplicativos como os de mensagens ou mesmo pelas redes sociais.

Outro uso possível pode ocorrer no caso do pagamentos de compras on-line. Com a nova modalidade, quem comprar um produto pela internet poderá ser automaticamente direcionado para a tela de pagamento da transação no aplicativo do seu banco. Nesse caso, após a conclusão da transação, o cliente será redirecionado automaticamente de volta para a loja virtual ou aplicativo.

A resolução do BC atualiza as regras do Pix e estabelece que as mudanças ocorrerão por fases, de modo que as instituições tenham tempo suficiente para efetuar os ajustes nos seus sistemas para cada uma das forma de iniciação de pagamento por Pix: inserção manual, chave Pix, QR Code estático e dinâmico e diretamente com os dados do recebedor.

Apenas instituições autorizadas pelo BC poderão exercer a função de iniciadoras de Pix. E o usuário terá que autorizar o compartilhamento de dados.

Notícias ao Minuto

Polícia Civil de São Paulo prende ‘Gatinha da Cracolândia’

Mulher conhecida como ‘Gatinha da Cracolândia’, de 19 anos de idade, é presa por tráfico de drogas

162697326456703 - Mulher conhecida como 'Gatinha da Cracolândia' é presa por tráfico de drogas

A Polícia Civil de São Paulo prendeu por tráfico de drogas nesta quinta-feira (22) Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, conhecida como “Gatinha da Cracolândia”.

Em relatórios da investigação ela aparece comercializando crack dentro de tendas no “fluxo” de usuários de drogas da Cracolândia, na região Central de São Paulo. A advogada de Lorraine, Ana Paula Soares, afirmou que ainda não teve acesso ao processo e quando tiver, se posiciona.

Equipes do 77º DP da Santa Cecília cumpriram durante a manhã o mandado de prisão da “Operação Carontes” em Barueri, na Grande São Paulo. O namorado de Lorraine também está preso por tráfico.

Segundo os investigadores, Lorraine confessou no momento da prisão que tinha drogas escondidas no Hotel Avaré, localizado na Rua Helvetia, na região da Cracolândia.

Abastecia hotéis, diz polícia

De acordo com o delegado Roberto Monteiro, Seccional Centro, Lorraine foi filmada pelos policiais, vendendo drogas no fluxo da Cracolândia. Ela também ajudava a abastecer os hotéis onde escondiam as drogas.

No local, as equipes encontraram produtos de crime e um esconderijo de drogas. O responsável pelo hotel será conduzido à delegacia.

Fonte: G1 - Publicado por: Larissa Freitas

João Pessoa alcança 1º lugar no Índice de Transparência da Covid-19

Prefeitura de João Pessoa é a capital mais transparente do País em relação aos dados da Covid-19, aponta Open Knowledge Brasil

Orla da cidade de João Pessoa, capital da Paraíba - Foto: Reprodução/Internet

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) alcançou o 1º lugar no Índice de Transparência da Covid-19 da Open Knowledge Brasil, como a capital mais transparente do País, em relação aos dados da pandemia. A capital paraibana obteve uma nota de 95 pontos, seguida das cidades de Manaus (AM) e Vitória (ES), ambas com 81 pontos. O resultado foi divulgado na tarde desta quinta-feira (22) e pode ser conferido no link https://transparenciacovid19.ok.org.br/itc.

No índice da Open Knowledge Brasil foram avaliadas iniciativas mais amplas de transparência ativa, como a disponibilização de informações em painéis, boletins e portais da transparência, sendo mais bem avaliadas aquelas que continham navegação simples e direcionamento objetivo para o cidadão.

O prefeito Cícero Lucena avaliou o resultado como atestado de que o trabalho realizado pela gestão caminha em busca da excelência que o povo pessoense merece. “Ser transparente é obrigação de qualquer gestor e este primeiro lugar nacional é fruto do respeito que temos pelo erário e pela população. A transparência pública é um bem indispensável para o controle social permitindo ao povo saber como e onde estão sendo aplicados os seus impostos. Se em tempos normais identificamos essa importância, imagine em meio a uma pandemia”, comenta. 

Cícero Lucena também agradeceu aos esforços da equipe, através dos gestores das Secretarias Executiva da Transparência Pública e Saúde pela importante conquista. Também destacou o papel da Controladoria Geral do Município.

Gestores públicos de todo o mundo têm corrido contra o tempo para monitorar a crise e implementar políticas eficazes de combate à pandemia. A gestão e divulgação de dados são fundamentais nesse esforço. Neste sentido, no Portal de Transparência de João Pessoa, o cidadão encontra todas as informações necessárias sobre casos de Covid-19 e sobre a vacinação, além dos dados determinantes não apenas para o exercício do controle social, mas para aperfeiçoar políticas que vem salvando vidas.

De acordo com a avaliação, a capital paraibana é uma das únicas a divulgar microdados completos de casos de Covid-19 e vacinação. Além dela, apenas Manaus (AM) faz o mesmo. João Pessoa também está entre as cinco capitais que publicam a cobertura vacinal tanto entre os grupos prioritários quanto na população geral e entre as três que publicam a disponibilidade de seringas e agulhas.

Para o secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, a posição alcançada pelo município no ranking é fruto de um trabalho realizado em equipe. “É uma conquista que nos orgulha muito e traduz a filosofia do que é a Secretaria de Saúde atualmente, baseada no trabalho e na transparência das informações repassadas à população. Este é o nosso dever, cuidar do que é público e abrir exatamente o que tem de ser aberto a todos. Começamos essa gestão durante a pandemia, que é um momento muito difícil, então uma das coisas fundamentais para enfrentar isso é ser transparente e estamos cumprindo nossa missão”, completou Fábio Rocha.

O secretário executivo da Transparência Pública e ouvidor geral do Município, Rafael Costa, ressaltou que o resultado do 1º lugar nacional do Índice de Transparência da Covid-19 é fruto do esforço coletivo de viabilizar o controle social. “Esse resultado é oriundo do esforço da gestão da Prefeitura de João Pessoa no combate à Covid-19, dando exemplo às outras cidades do País. Além disso, esse excelente resultado é fruto da sinergia da Secretaria de Saúde com a da Transparência, principalmente do esforço dos seus servidores que trabalham incansavelmente na consolidação dessas informações para entregar à sociedade uma gestão transparente e que presta contas, inclusive viabilizando o controle social por meio da divulgação de todas as informações relacionadas ao combate da Covid-19”, destacou.

Rigorosa 

De acordo com a técnica municipal de Controle Interno da Transparência, Juliana Vaz, o índice de Transparência da Covid-19 da Open Knowledge Brasil é uma avaliação extremamente rigorosa e o 1º lugar alcançado por João Pessoa só reforça o compromisso da gestão com a transparência dos dados relativos aos casos de Covid-19 e de vacinação. “Este resultado só foi possível devido à dedicação e ao trabalho criterioso e permanente da equipe do Portal da Transparência e da Secretaria Municipal de Saúde. João Pessoa já é, há algum tempo, referência em transparência para os dados relativos à Covid-19 e o nosso objetivo é trabalhar para oferecer cada vez mais transparência à população, fornecendo informações de qualidade e ampliando o controle social neste período de pandemia”, disse.

O controlador geral do Município, Eudes Moacir Toscano Júnior, destacou que o resultado serve como base para assegurar a transparência das ações governamentais. “A classificação de João Pessoa em primeiro lugar na avaliação da Open Knowledge Brasil, configura o empenho e o comprometimento de todos que desempenham suas atividades no controle, na integridade e na transparência da gestão pública da Prefeitura Municipal, na busca pela consolidação de uma gestão pública eficiente e intransigentemente transparente”, completou.

De acordo com a nota metodológica da Open Knowledge Brasil, diante deste potencial de impacto tão relevante, espera-se que os órgãos avaliados possam tomar medidas para contemplar os itens destacados e se coloca à disposição para ajudá-los a desenvolver políticas de dados abertos e de proteção de dados pessoais, tanto em relação aos dados da pandemia que ora enfrentamos, quanto para avançar nas políticas de transparência quando este desafio estiver superado.

Em 2021, com a permanência da crise sanitária, com o início da vacinação e devido à necessidade de avançar na transparência das informações relativas à pandemia, foi ampliado o rol de análises sobre a transparência da pandemia, através do índice de Transparência da Covid-19 3.0. Os critérios foram novamente revisados, alterando parte dos critérios já existentes e incluindo dados sobre a vacinação, de modo a manter o índice abrangente, preciso e operacionalizável.

Dentre as principais informações avaliadas pela Open Knowledge Brasil estão: confirmação de casos, contabilização de óbitos, cálculo da taxa de ocupação de leitos, vacinação e cobertura vacinal, observando faixa etária, gênero, doenças preexistentes e etnia. Além de testes disponíveis, doses recebidas, estoque de seringas e agulhas e microdados dos casos e dos vacinados. Assim como, foi avaliada a formatação da divulgação desses dados no Portal de Transparência, observando a qualidade dos dados, visualização e navegação.

Dados 

A Prefeitura de João Pessoa já recebeu 574.263 doses da vacina contra a Covid-19 e já aplicou 561.818, segundo as informações disponíveis no Portal da Transparência nesta quinta-feira (22). Deste total, 400.983 correspondem à primeira dose; 148.317 são referentes à segunda dose e 12.518 são de doses únicas. Ainda conforme o portal, 49,05% da população já tomou a primeira dose da vacina; 1,53% tomou dose única e 19,67% está totalmente vacinada.

O portal ainda informa que João Pessoa registra 102.679 casos confirmados de coronavírus, 99.959 recuperados e 2.563 óbitos. O canal ainda disponibiliza outras informações como os casos distribuídos por bairros, e painel de receitas e despesas Covid-19.

Open Knowledge Brasil (OK) 

A OK é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos e apartidária que atua no país desde 2013. Desenvolve e incentiva o uso de tecnologias cívicas e de dados abertos, realiza análises de políticas públicas e promove o conhecimento livre para tornar a relação entre governo e sociedade mais transparente e participativa.

A avaliação realizada pela Open Knowledge Brasil tem como objetivo avaliar a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia da Covid-19, com ênfase em dados epidemiológicos, publicados pelas Capitais em seus Portais oficiais.

Para a composição do índice, a OK definiu um conjunto de dados essenciais e parâmetros para que fossem publicados pelos entes federativos. O Índice é um indicador sintético composto por três dimensões: Conteúdo, Granularidade e Formato. Por sua vez, cada dimensão é constituída por um conjunto de aspectos avaliados separadamente, aos quais são atribuídos diferentes pesos para a construção da nota final.

WhatsApp Image 2021 07 22 at 17.33.17 - João Pessoa é a capital mais transparente do País em relação aos dados da Covid-19, aponta Open Knowledge Brasil

Cantor famoso diz que faz sexo 15 vezes por dia

ACREDITE QUEM QUISER: Eduardo Costa revela ser viciado em sexo, diz que transa umas quinze vezes por dia e faz tratamento para conter apetite sexual

    Eduardo Costa está em tratamento para vício em sexo

    Foto: ONErpm

    O cantor Eduardo Costa concedeu entrevista ao canal do YouTube Conceito Sertanejo.

    Na conversa falou sobre trabalho, carreira, preferências pessoais e revelou ser viciado em sexo:

    “Eu gosto tanto de sexo quanto eu gosto de cantar, eu gosto de mulher, eu gosto de transar, eu gosto de sexo. Gosto de transar (…) Eu gosto demais. Tenho problema com isso, rapaz”, disse.

    Ao ser perguntado sobre a frequência com que pratica, Costa contou: “Faço umas quinze vezes por dia, eu to falando sério, já fui até em médico”, admitiu ao dizer que está fazendo tratamento para conter o apetite sexual.

    Recentemente, o cantor revelou um romance com a influenciadora Mariana Polastreli, que acabou sendo acusada pelo ex-marido Eduardo Polastreli de abandonar os seus três filhos para ficar com Eduardo Costa. Ela acabou perdendo a guarda dos filhos por determinação do conselho tutelar.

    Veja vídeo:

    Fonte: SRzd

    Cid Moreira se defende em suas redes sociais

    Jornalista Cid Moreira, de 92 anos de idade, rompe silêncio e nega demência após filhos pedirem sua interdição em processo

    Jornalista Cid Moreira rompeu o seu silêncio e negou uma demência depois dos filhos pedirem a sua interdição
    Cid Moreira se defendeu em suas redes sociais - Divulgação/Instagram

    O jornalista Cid Moreira, de 93 anos de idade, decidiu romper o silêncio após os seus dois filhos, Roger e Rodrigo Moreira, entrarem com um processo na Justiça pedindo a sua interdição.

    Em um vídeo postado na noite desta quarta-feira, 21, no Instagram, o ex-apresentador da TV Globo apareceu ao lado da esposa, Fátima Sampaio, negando que esteja enfrentando uma demência ou que não tenha condições de agir e se manifestar sozinho.

    "Ih, amore mio, o negócio tá feio para mim lá fora, hein?", iniciou Fátima. "Não sei por quê. Você foi a minha escolhida, estamos juntos, e bem", garantiu o famoso na rede social.

    Cid declarou que é Fátima quem cuida dele, e ela ressaltou que isso não significa que o famoso não tenha a sua opinião própria. "Claro, minha opinião é que sempre prevalece aqui. Eu não aceitaria viver com uma mulher se eu não tivesse essa autoridade", disse ele com bom humor.

    "Tudo bem que você está com a cabeça boa e você que manda, mas somos parceiros", falou ela. "Acima de tudo, estamos ligados pelo amor. Estamos aqui, eu estou no comando, para deixar bem claro. Continuo gravando, com a consciência tranquila, não estou senil", explicou o artista que sempre aparece em gravações divertidas na web, mostrando a rotina dele para os seus seguidores.

    Veja o vídeo do jornalista Cid Moreira desabafando após a polêmica com os filhos!

    CARAS Digital

    O preço de se assumir gay

    Filho adotivo do jornalista Cid Moreira, cabelereiro diz que após se assumir gay o pai mudou completamente de comportamento com ele

    Crédito: Reprodução/Instagram

    Cabelereiro Roger Felipe Moreira e o jornalista Cid Moreira - (Crédito: Reprodução/Instagram)

    Roger Felipe Moreira, filho adotivo de Cid Moreira, de 93 anos, voltou a falar sobre a conturbada relação com o pai famoso. Ao ser entrevistado pelo colunista Felipeh Campos numa live no Instagram, o cabeleireiro disse que Cid mudou de comportamento após ele se assumir gay e querer viver uma vida mais independente.

    No bate-papo, Roger ainda contou que o veterano lhe impedia de estudar: “Na época que eu trabalhava com ele, indo para a TV Globo ou em outros projetos profissionais, ele não queria que eu estudasse, achando que eu iria me envolver com pessoas erradas e dizendo que eu era filho dele (uma pessoa conceituada)”.

    No dia 13 de julho, Roger Felipe deu uma entrevista para o progama “Balanço Geral”, da Record TV, e revelou que foi ‘deserdado’ por Cid Moreira, além de se sentir mal pelo pai dizer que foi “um engano adotá-lo”. No jornalístico, ele mostrou o documento enviado por Cid para avisá-lo de que não fazia mais parte de seu testamento.

    Na mensagem, Cid recordou quando Roger ameaçou processá-lo na Justiça do Trabalho por conta da ajuda dada em seus trabalhos de locução. “Você continua sendo meu filho adotivo porque não consegui reverter a adoção (…). Eu fiz um documento e deserdei você. Escrevi de próprio punho e assinei. Juntei pareceres de profissionais da saúde para provar que não estou senil. Foi um engano te adotar. Fico feliz em saber que você está sendo capaz de se manter”, escreveu o jornalista num trecho do texto.

    Sobrinho da ex-esposa de Cid, Roger foi adotado pelo ex-apresentador do Jornal Nacional após passar um período de férias na casa dos tios.

    Assista a entrevista na íntegra:

    https://istoe.com.br/filho-adotivo-de-cid-moreira-diz-que-apos-se...

    Madrasta dos filhos de Cid Moreira é acusada de manter o jornalista em cárcere privado

    Filhos acusam madrasta de alimentar o jornalista Cid Moreira com comida estragada e o manter como refém, diz colunista

    Roger e Rodrigo alegam que Fátima o proíbe de manter contato com familiares e amigos
    © Da Redação: Filhos do jornalista Cid Moreira, Roger e Rodrigo, alegam que Fátima Sampaio o proíbe de manter contato com familiares e amigos

    Senta que o babado é forte! Na última terça-feira, dia 20, o colunista Leo Dias teve acesso aos documentos do processo de Cid Moreira, de 93 anos de idade, e descobriu que os filhos do jornalista, Roger Moreira e Rodrigo Moreira, entraram com uma ação para interditar o pai, além de estarem acusando a madrasta, Fátima Sampaio, de maltratá-lo e mantê-lo como refém.

    Os documentos analisados afirmam que a esposa, que é 40 anos mais jovem, é economicamente dependente de Cid e, por isso, passou todos os bens para o nome dela. Os filhos também alegam que Fátima o proíbe de manter contato com familiares e amigos, o alimenta com comida estragada e deixa o jornalista em um verdadeiro cárcere privado.

    A partir disso, a defesa de Roger e Rodrigo solicita que os dois tornem-se os tutores, e pede a prisão provisória da madrasta. Ao longo dos anos, Cid tem lidado com problemas psiquiátricos e, devido à idade avançada, apresenta sinais de demência.

    Diante disso, no dia 15 de julho o filho biológico de Cid Moreira, Rodrigo, deu uma entrevista para o Balanço Geral e acabou comentando que foi ele quem processou o pai por abandono. - Não tem como pagar amor, isso não tem preço. E ele não quer ser meu pai, não quer ser meu pai e acabou. Eu deixei isso para lá… isso não me faz bem, não me sinto bem. Eu não entendo essa raiva dele. Eu queria que ele pudesse me abraçar, sair comigo… convivência de pai e filho. Mas eu já desisti, porque isso dói muito.
    © Divulgação: Rodrigo Moreira, filho biológico de Cid Moreira

    No mesmo dia, Roger rebateu a esposa do apresentador e negou que processou o pai. - Vou solicitar para que ela passe o número desse processo, informe quando foi, porque esse processo nunca existiu na realidade. Então, ele está se ligando a uma coisa que nunca aconteceu para dizer que quer me deserdar, que não me quer mais como filho, por conta de uma inverdade..
    © Divulgação: Roger Felipe Moreira, filho adotivo de Cid Moreira

    Briga de família

    ‘LIBERDADE LIMITADA’: Filhos pedem interdição do jornalista Cid Moreira e prisão da madrasta em processo

    Cid Moreira e a esposa Fatima Sampaio - 'LIBERDADE LIMITADA': Filhos pedem interdição de Cid Moreira e prisão da madrasta em processo

    Os filhos do jornalista Cid Moreira, Roger e Rodrigo, entraram com um processo judicial na Vara da Família de Petrópolis, no Rio de Janeiro, pedindo a interdição do pai e a prisão da madrasta, Fátima Sampaio Moreira. Eles alegam que o ex-apresentador do Jornal Nacional enfrenta sintomas de demência e que tem a liberdade limitada por atitudes da atual esposa dele. As informações são do portal Uol, que teve acesso ao documento protocolado nesta terça-feira (20).

    De acordo com Roger Moreira, filho adotivo do locutor, as publicações do pai nas redes sociais são controladas pela madrasta. Ele afirma que os filhos querem encontrar o jornalista o mais rápido possível.

    A única coisa que posso falar agora é que a verdade vai aparecer em breve. Ele é uma vítima. Se não fôssemos impedidos, nós filhos estaríamos convivendo com ele. Amamos ele e não podemos nos aproximar porque ela não deixa.

    ROGER MOREIRA

    Filho adotivo de Cid Moreira

    Além do pedido de interdição, o processo judicial aberto fala sobre a necessidade de uma tutela de urgência. Roger e Rodrigo pontuam que o ex-apresentador do JN não teria “mínimas condições” de administrar os próprios bens.

    ACUSAÇÕES

    Eles destacam, também, que Fátima Sampaio mantém o marido em “cárcere privado” e que ela, 40 anos mais nova que o locutor, teria se casado com ele por “interesses econômicos”.

    Além de estelionato, o texto aponta outras duas acusações contra a atual esposa do jornalista: apropriação indébita e formação de quadrilha.

    A ação, com assinatura do advogado Ângelo Carbone, pede o bloqueio imediato dos bens de Cid Moreira durante a investigação.

    “Os filhos estão preocupados com o pai. Cid Moreira está passando por um momento muito difícil. Ele tem 93 anos e a impressão que dá é que ele está sendo usado. Estão tirando todo o patrimônio e eu vou buscar o Ministério Público, a justiça, a polícia, o Juizado da Família e principalmente a Delegacia do Idoso para que supram essa situação difícil”, explicou o advogado dos filhos de Cid Moreira, Ângelo Carbone.

    À reportagem, a assessoria de imprensa do jornalista respondeu que “neste momento não temos o que dizer sobre o assunto, não recebemos nenhum comunicado da Justiça”.

    ENTENDA O CASO

    A polêmica teve início quando o filho adotivo do ex-apresentador, Roger Moreira, disse ter sido deserdado após assumir uma relação.

    Em entrevista à Fabíola Reipert, do programa Balanço Geral, da RecordTV, ele mostrou um e-mail em que estaria sendo comunicado sobre a retirada do seu nome do testamento. Na mensagem, o locutor teria demonstrado arrependimento pelo processo de adoção e dito que “foi um engano”.

    Já a esposa de Cid Moreira, Fátima Sampaio, rebateu as declarações do filho adotivo do jornalista sobre a adoção e a relação dele com o pai.

    De acordo com Fátima, o processo judicial entre os dois corre em segredo de Justiça, e Cid não pode comentar o assunto. Ela, contudo, alegou que a adoção de Roger aconteceu com ele já adulto.

    O OUTRO LADO

    A redação do site Polêmica Paraíba entrou em contato com a parte denunciada e ela não quis se manifestar sobre o ocorrido.

    Fonte: Diário do Nordeste - Publicado por: Fabricia Oliveira

    Caso raro que acelera o processo de envelhecimento

    Jovem morre de “velhice” após completar 18 anos de idade; entenda o caso

    caso raro - CASO RARO: jovem morre de “velhice” após completar 18 anos; entenda

    A britânica Ashanti Smith tinha acabado de completar 18 anos quando morreu devido a um distúrbio genético raro que acelera o processo de envelhecimento. Segundo o jornal Daily Mail, a jovem sofria da Síndrome Hutchinson-Gilford e tinha o corpo de uma idosa.

    A síndrome, também conhecida como progeria, fazia com que Ashanti envelhecesse cerca de 8 anos para cada ano que completava. Ela também lidava com perda de peso e de cabelo, osteoporose, artrite e insuficiência cardíaca.

    Mãe da jovem, Phoebe Louise Smith homenageou a filha nas redes sociais. “A vida de Ashanti foi uma alegria. Mesmo que a progeria afetasse sua mobilidade, ela não afetou mais nada. Todos amavam e adoravam aquela menina. Ela tocou muito o coração deles com sua força de vontade”, escreveu.

    Phoebe contou que a britânica faleceu após um passeio no parque. Ao chegar em casa, ela se sentiu mal. Conforme a mãe, as últimas palavras da garota foram: “Mãe, eu te amo. Você tem que me deixar ir”.

    Transformação drástica

    “Caveira” humana diz que família se assustou com as mutilações: “Meus pais ficaram em choque”

    caveira - “Caveira” humana diz que família se assustou com as mutilações: “Meus pais ficaram em choque”

    A transformação alcançada nos últimos meses na aparência de Fernando Franco de Oliveira, de 44 anos, o “Caveira”, causou um choque em sua família.

    Fernando Oliveira tatuou quase a totalidade de seu corpo. Depois, iniciou uma série de intervenções: mutilou o nariz e a orelha, bifurcou a língua, colocou próteses de chifre e dentes de vampiro.

    A alteração drástica em corpo espantou os pais. E sua mãe, que enfrenta uma doença há três anos, ainda não chegou a ver a última intervenção, que resultou na mutilação do nariz.

    Preocupado com a reação da mulher, o pai pediu ao filho que não mostrasse a mutilação mais recente. “Se ela me ver assim, acaba de morrer”, contou “Caveira” ao site Metrópoles.

    Nas ruas, “Caveira” aprendeu a conviver com reações distintas em função da transformação.

    Segundo ele, sete em cada dez pessoas acham a figura dele interessante e pedem até pra tirar foto. “Querem mostrar pra família”, diz.

    Mas existe uma parcela que fica em choque. Alguns chegam até a exclamar frases relacionadas à religião. “Fazem o pai nosso e dizem coisas como: ‘esse tá amarrado’, ‘satanás’ e ‘chuta que é macumba’.”

    “Caveira”, no entanto, não pretende parar com as modificações e reconhece que ama ser diferente.

    “Não pretendo parar. Quero colocar mais dois chifres e vou arrumar mais coisas para fazer”, antecipou.

    Fonte: POLÊMICA PARAÍBA - Créditos: METROPOLES - Publicado por: Rebeka Melo