quinta-feira, 6 de maio de 2021

Atual titular do Ministério da Saúde depõe hoje na CPI da Covid

Expectativa para o depoimento do ministro Marcelo Queiroga na CPI da Pandemia nesta quinta-feira (06)

marcelo queiroga 1 - EXPECTATIVA: Marcelo Queiroga depõe na CPI da Pandemia nesta quinta (06)

Após os depoimentos dos dois primeiros ministros da Saúde do governo do presidente Jair Bolsonaro, a CPI da Pandemia recebe nesta quinta-feira (06) o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga, às 10h, e o diretor-presidente da Agência de Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, às 14h.

Marcelo Queiroga está à frente do Ministério da Saúde desde 23 de março deste ano. O médico cardiologista assumiu o cargo com o desafio de chefiar a pasta no pior momento da pandemia no país, quando se somavam cerca de 300 mil mortes no Brasil.

O ministro é fortemente cobrado pela vacinação em massa da população. Há poucos dias, em 26 de abril, Queiroga participou de audiência pública da Comissão Temporária da Covid-19 (CTCOVID19).

À época, Queiroga afirmou que o governo não reduziu suas metas iniciais de imunização, apenas retirou do cronograma vacinas que ainda não foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como a indiana Covaxin, que inicialmente teria previsão de 20 milhões de doses em calendário do Ministério da Saúde.

Quatro requerimentos de convocação, de autoria do relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), do vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Eduardo Girão foram aprovados pelo colegiado para o testemunho do atual titular da Saúde.

Fonte: Polêmica Paraíba com Senado - Publicado por: Felipe Nunes

Ex-ministro Nelson Teich depõe na CPI da Covid

Nelson Teich diz que saiu do Ministério da Saúde por divergência sobre cloroquina e falta de autonomia

"As razões são públicas, se devem a constatação de que eu não teria autonomia, eram divergências com governo sobre eficácia da cloroquina", disse


Teich diz que saiu por divergência sobre cloroquina e falta de autonomia

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich expôs logo no início de seu depoimento à CPI da Covid nesta quarta-feira (05) que saiu da pasta em maio do ano passado após ter percebido que não teria autonomia na sua gestão e pelas divergências sobre o uso da cloroquina em pacientes da Covid-19. "As razões são públicas, se devem a constatação de que eu não teria autonomia, eram divergências com governo sobre eficácia da cloroquina", afirmou Teich na apresentação que fez aos senadores, antes do interrogatório, quando lamentou sua "passagem curta" pelo ministério.

Teich destacou a divergência de posição entre ele e o presidente Jair Bolsonaro sobre o uso da cloroquina. O ex-ministro destacou que o presidente decidiu ouvir outras pessoas, e não a ele, tendo sido o mandatário amparado até mesmo pela posição do Conselho Federal de Medicina (CFM).

"Minha convicção pessoal era baseada em estudos. Existia entendimento diferente por parte do presidente, amparado até na opinião e outros profissionais, até do Conselho Federal de Medicina, que naquele momento autorizou a extensão do uso, e isso foi o que motivou a minha saída. Sem a liberdade de conduzir o ministério optei por deixar o cargo", disse Teich.

O ex-ministro comentou ainda que durante sua gestão foi iniciado um programa de controle de transmissão, envolvendo testagem e avaliação de distanciamento social. Além disso, Teich citou as negociações envolvendo a vacina da Astrazeneca e as conversas com a empresa Moderna.

Nelson Teich também disse que não participou das discussões sobre o aumento da produção de cloroquina pelo Exército. "Eu não participei disso. Se aconteceu alguma coisa, foi fora do meu conhecimento", respondeu a questionamentos feitos pelo relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL).

Teich também comentou que nunca lhe foram passadas informações sobre se estava havendo distribuição do medicamento sem eficácia comprovada para a população indígena. "Se aconteceu a distribuição sem eu saber, pode ter acontecido, mas nunca sobre a minha orientação. Minha orientação era contrária. Sempre é possível acontecer alguma coisa, é uma máquina muito grande, mas não era do meu conhecimento, e se tivesse sabido, não deixaria fazer", afirmou o ex-ministro.

Notícias ao Minuto

Brasil "esconde" número real de mortes por Covid-19

Subnotificação dos casos do novo coronavírus no Brasil "esconde" até 30% das mortes, mostra estudo

A conclusão é de um estudo da iniciativa Vital Strategies, com base no Sivep-Gripe


Subnotificação dos casos de Covid esconde até 30% das mortes, mostra estudo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A subnotificação dos casos graves e mortes de Covid-19, principalmente pela falta de testes de diagnósticos, está "escondendo" ao menos 30% de óbitos que não aparecem nas estatísticas oficiais. Se eles fossem considerados, o Brasil já estaria com 530 mil mortos, considerando que no último domingo (02) computava 407 mil.

A conclusão é de um estudo da iniciativa Vital Strategies, com base no Sivep-Gripe, principal banco de dados nacional de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

O trabalho buscou os casos e mortes de SRAG desde o início da pandemia que aparecem na estatística oficial como "etiologia não especificada ou sem classificação final para Covid", ou seja, não houve identificação do agente que causou a doença.

Os dados foram comparados à série histórica de registros nos anos anteriores à pandemia (2018 e 2019) e subtraídos os números médios observados nessas categorias.

Até o último dia 19 de abril, os resultados foram os seguintes: um aumento de 57,4% (de 1.098.254 para 1.728.955) para os casos graves de SRAG e de 29,9% (356.536 para 462.973) para os óbitos.

"Não tem outra explicação [se não a Covid] para um aumento tão grande casos e óbitos [por SRAG]. Não há outro vírus respiratório agudo agindo concomitantemente ao Sars-CoV-2", diz a pesquisadora Ana Luiza Bierrenbach, conselheira técnica sênior da Vital Stratregies e autora do estudo.

Nos casos confirmados de Covid-19, 96% tinham diagnóstico atestando a infecção. Nos demais casos de SRAG, 70% tinham algum teste, mas o resultado foi negativo ou ficou faltando o dado de confirmação, por exemplo.

"Aí você me pergunta se mesmo diante desse resultado, a gente está afirmando que é Covid? Eu digo que sim", afirma.

Ela diz que existem diferentes testes diagnósticos no mercado, com sensibilidade que não é plena. Também houve muitos casos de SRAG com testes de PCR negativo, mas que tinham achados clínicos e radiológicos compatíveis com Covid-19. Em outros, havia ligação epidemiológica (alguém próximo, por exemplo) com casos confirmados por laboratório.

Bierrenbach também explica que a positividade do teste de PCR/antígeno diminui conforme aumenta o tempo entre o início dos sintomas e a internação ou morte.

"A doença tem algumas fases. Na fase replicativa, é possível encontrar o vírus na naso ou orofaringe. Depois o vírus vai para os tecidos e você não consegue mais fazer um diagnóstico só com o swab nasal [amostra colhida no nariz]. E, às vezes, a doença já progrediu tanto que o vírus nem está mais presente nos tecidos."

A pesquisadora lembra que no guia de vigilância epidemiológico brasileiro e nas recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) existe a possibilidade de alocar um diagnóstico de Covid mesmo para as pessoas que não tenham a confirmação de um teste. "Não é invenção nossa."

Segundo Bierrenbach, a metodologia usada deu um desconto para o número de casos e óbitos por SRAG que permanecem inespecificados todos os anos por falta de investimentos em testagem laboratorial nos pronto-socorros.

"No Chile, a criança chega com um quadro respiratório no hospital e eles já fazem um painel viral para identificar [o agente]. No Brasil, muitos casos ficam sem diagnóstico etiológico."

O estudo ajustou uma outra variável: o aumento de hospitais que passaram a notificar as internações e os óbitos por SRAG. Em 2019, eram 2.641 unidades notificadoras em 935 municípios. Em 2020, esse número chegou a 6.621, representando 61,8% do total de 5.570 municípios brasileiros.

"Fazendo esses descontos, a gente acha que todos os outros casos são Covid. [A subnotificação] está no país inteiro. Não é localizada numa região só e nem numa única faixa etária, embora nas crianças a correção tenha sido maior."

De acordo com o estudo, na faixa etária até um ano de vida, foram registradas 567 mortes atribuídas à Covid. Com o ajuste, elas subiram para 1.397. Entre 1 e 4 anos, a diferença também é grande. Foram reportadas 230 e, com a reclassificação, elas agora somam 498. Entre 5 e 9 anos, passaram de 143 para 321.

"No início da pandemia, não existia essa suspeita de que os casos eram Covid. A manifestação clínica da doença nas crianças é atípica, às vezes aparece depois dos sintomas virais e progride rapidamente para uma doença de maior gravidade e até mesmo óbito."

Segundo ela, por conta da baixa testagem, está se perdendo chance de fazer diagnóstico precoce e, muitas vezes, as pessoas se internam tardiamente, quando a testagem já não é mais tão efetiva.

"Aí fica assim. Parece Covid, cheira a Covid, tem sintoma de Covid, tem vínculo epidemiológico, mas não tem confirmação diagnóstica."

Para a pesquisadora, a falha em classificar os casos e mortes sem diagnóstico de laboratório é um problema importante e deveria ser tratado com melhor treinamento ou a permissão da notificação desses registros não como confirmados para Covid-19, mas como "prováveis".

Na Inglaterra, por exemplo, os serviços de saúde consideram mortes por Covid até 28 dias após a confirmação da doença. Isso pegaria, por exemplo, eventuais mortes cardíacas ou neurológicas ocorridas por sequelas da doença.

"Aqui no Brasil, não. A gente está basicamente usando uma confirmação laboratorial. Isso em um país que não tem testagem ou a testagem chega tarde."

Bierrenbach diz que a correção de casos e mortes feitas no estudo não surpreendeu a equipe. "Os números são chocantes, mas a gente já achava que não tinha outra explicação para esse número e casos inespecificados tão grande. Muitos pesquisadores já estavam com a pulga atrás da orelha. O nosso mérito foi dar voz a isso."

Ela afirma que a pesquisa é até conservadora porque não leva em conta os casos leves diagnosticados, casos graves que não tiveram acesso ao diagnóstico, eventuais óbitos que ocorreram em casa ou ainda mortes em consequência da Covid (um infarto, por exemplo) depois de internação prolongada.

"Isso tudo não está contabilizado nos nossos números. Se começarmos a somar, vai longe. Os números são assustadores. Espero que eles sensibilizem a população e os nossos governantes.

Notícias ao Minuto

Casos de coronavírus no Brasil

PANDEMIA: Brasil registra mais 2.966 mortes por Covid-19 em 24 horas e mais 77.359 novos casos da doença

Brasil registra mais 2.966 mortes por Covid-19 em 24h

Na última terça-feira (04), o Brasil registrou mais 2.966 mortes em decorrência da Covid-19 em um dia.

Os números foram divulgados pelo Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e, com isso, o Brasil chegou a 411.588 o número total de óbitos em razão da doença.

De terça-feira para esta quarta, foram registrados mais 77.359 novos casos, levando o total de notificações da doença no País para 14.856.888.

Notícias ao Minuto

Decisão do STF pautada para 13 de maio poderá render uma bolada

Julgamento de correção de FGTS pelo Supremo Tribunal Federal pode render um bom dinheiro para quem trabalhou entre 1999 a 2013

saque dep cod 60 FGTS 1024x682 1 - Correção do FGTS: decisão do STF pode render uma bolada para quem trabalhou entre 1999 a 2013

O Supremo Tribunal Federal (STF) pautou para o próximo dia 13 de maio o julgamento da correção do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A decisão poderá render um bom dinheiro para quem trabalhou, de carteira assinada, entre 1999 a 2013. Isso porque, nesse período, o FGTS era corrigido pela TR (taxa referencial) mais 3% de juros ao ano e não acompanhavam a inflação, ou seja, o dinheiro estava sendo administrado pelo Governo e quando devolvia tinha-se uma falsa impressão de que havia rendido. Na verdade, os trabalhadores tiveram uma perda, porque a inflação da época corroeu o saldo do seu FGTS.

Esse é o ponto central das milhares de ações judiciais que estão suspensas, aguardando a decisão do Supremo. A troca de índice de correção. Trocar a TR pelo INPC, IPCA ou IPCA-E. Essa troca fará com que haja um aumento significativo no seu saldo. E caso o trabalhador não tenha entrado com a ação, ainda dá tempo.

Uma informação importante, que aumenta a expectativa por um julgamento favorável é que o STF, recentemente, disse que a TR não é um índice que acompanha a inflação e por isso não pode ser aplicado para corrigir os precatórios. Ele determinou, que o INPC deve ser aplicado nesse caso. Precatórios são valores que o Governo deve para quem ganhou uma ação contra ele.

Portanto, se o STF entendeu desta forma nas correções dos precatórios, é uma conclusão automática que nos faz pensar que ele assim decidirá na ação do FGTS. É razoável, que a mesma linha de raciocínio seja também aplicada aqui. Do contrário, o direito de propriedade, consagrado em nossa Constituição Federal, estará violado.

Vale destacar, que para ingressar com a ação da correção do FGTS os documentos necessários são: RG/CPF ou CNH; comprovante de residência; Carteira de Trabalho; extrato analítico do FGTS de 1999 a 2013 (disponível no site da CEF. cef.gov.br) e; Carta de Concessão da Aposentadoria (para quem é aposentado. Quem não for não precisa).

O prazo para entrar com a ação: não há unanimidade. Há quem diga ser de 30 anos e quem diz ser de 5 anos. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) tem posicionamento no sentido de que são 30 anos. Já o Supremo Tribunal Federal (STF) tem posicionamento de serem 5 anos. Mas este posicionamento do STF é em ação trabalhista de 2014, movida pelo empregado contra o seu empregador que não depositou ou depositou FGTS a menor em sua conta.

E o cálculo da Revisão do FGTS é muito simples. Basta verificar no extrato analítico, os créditos do Juros de Atualização Monetária (JAM) que é feito trimestralmente e é necessário substituir a correção do índice, que é a TR, por outro índice mais vantajoso (INPC, IPCA ou IPCA-E) de acordo com as decisões do STF e STJ. Esse crédito JAM é feito sobre os depósitos de FGTS de forma acumulada.

Cabe ressaltar que o trabalhador deve ingressar com sua ação antes do julgamento do STF, que está marcado para o próximo dia 13 de maio. Isso porque, o Supremo poderá modular os efeitos da decisão para quem estiver com sua ação em andamento até o julgamento.

Fonte: CB - Publicado por: Gerlane Neto 

Vacinação de pessoas sem comorbidades antes dos grupos prioritários

Ministério Público Federal investiga emissão de atestados ‘falsos e graciosos’ para pessoas sem comorbidades na Paraíba

vacina 2 800x533 1 - PESSOAS SEM COMORBIDADES: MPF investiga emissão de atestados 'falsos e graciosos' na Paraíba

Órgãos que compõem o Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB), que atualmente está sob a coordenação do Ministério Público Federal, querem evitar a vacinação de pessoas sem comorbidades antes dos grupos prioritários. Segundo o órgão, há informações sobre emissão de atestados médicos falsos e graciosos na Paraíba.

Durante reunião na última terça-feira (04), o Conselho Regional de Medicina (CRM) se comprometeu a aumentar a publicidade sobre emissão de atestados falsos, o que configura crime segundo o Código Penal Brasileiro. Também ficou acertado que a Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa fará mudança no aplicativo da vacinação para que conste o número do CRM do médico que assinou o atestado, além de foto do documento.

Participaram da reunião dessa terça-feira, além da coordenadora do Focco-PB, procuradora do MPF, Janaina Andrade, representantes do TCE, Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público da Paraíba (MP/PB), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público de Contas (MPC), Polícia Federal, Controladoria-Geral do Estado (CGE), Controladoria-Geral da União (CGU), CRM, Sindicato dos Médicos da Paraíba, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Saúde de João Pessoa e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB).

Polêmica Paraíba - Publicado por: Felipe Nunes

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Estados Unidos em alerta

Destroços de foguete chinês que voltarão à Terra, devem cair em território dos Estados Unidos no próximo sábado

2021 05 05t160400z 1781140956 rc2s9n96k923 rtrmadp 3 space exploration china rocket 1 - PAÍSES EM ALERTA: Destroços de foguete chinês cairão no sábado na Terra

Destroços do foguete chinês “Long March 5B” devem cair no oceano em território dos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira (05) o jornal China Global Times. Os detritos que voltarão à Terra fazem parte do primeiro estágio do foguete, que possui cerca de 30 metros de comprimento, 5 metros de largura e 187 toneladas.

O Long March 5B decolou da ilha de Hainan, no sul da China, em 29 de abril para colocar em órbita o primeiro módulo da Estação Espacial Chinesa Tiangong, que se tornará o alojamento de três tripulantes.

De acordo com o site de geolocalização espacial americano Aerospace, os destroços têm chance de chegar à Terra em 8 de maio, às 23h34, caindo no oeste Estados Unidos. O ponto exato da queda dos destroços, entretanto, ainda é incerto.

Segundo Wang Yanan, editor-chefe da revista espacial Aerospace Knowledge, os destroços não irão interferir em atividades humanas.

“A maior parte dos destroços queimará durante a reentrada, deixando apenas uma pequena porção que pode cair no chão, e provavelmente pousará em áreas longe de atividades humanas ou no oceano”, disse Yanan ao China’s Global Times, jornal pertencente ao grupo oficial do Partido Comunista da China.

A publicação também afirmou que a rede de monitoramento espacial da China está observando cuidadosamente a área da trajetória do foguete e tomará medidas para evitar danos aos navios que passam pela região.

O Departamento de Defesa dos EUA disse à Reuters que “todos os destroços podem ser ameaças em potencial“ e que o 18° Esquadrão de Controle Espacial da Califórnia ofereceria informações diárias sobre a localização do foguete.

Entenda o caso

O Long March 5B foi lançado para colocar em órbita o primeiro módulo da estação espacial chinesa, que está programada para ser finalizada em 2022.

O foguete usado no lançamento tem dois estágios, o equivalente a duas partes que são usadas em diferentes momentos do voo. O primeiro estágio, mais robusto, foi desenhado para aguentar o atrito com a atmosfera na saída da Terra. Já o segundo estágio é mais leve e opera em altas atitudes.

Após cumprir a sua missão, o primeiro estágio se desprende do foguete. No caso do Long March 5B, a peça foi descartada em uma órbita elíptica ao redor da Terra.

O bloco do primeiro estágio se aproxima cada vez mais do planeta ao passar em sua trajetória mais baixa da órbita, até o momento que o objeto deve fazer a sua reentrada na atmosfera.

G1 - Publicado por: Gerlane Neto

Paraibana vence BBB 21 por ‘goleada’ e se torna milionária

A PARAÍBA EM FESTA! COM MAIS DE 90% DOS VOTOS, JULIETTE FREIRE É CAMPEÃ DO BBB 21 E LEVA PRÊMIO DE R$ 1,5 MILHÃO

A nova milionária do Brasil tem nome: Juliette Freire. A paraibana, natural de Campina Grande foi a grande vencedora do BBB 21. Com 90,15% dos votos, a campeã conquistou o público e levou para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Foram 100 dias de muito sufoco e muita luta! Juliette enfrentou muitas críticas e momentos de solidão dentro da casa. A paraibana deu a volta por cima, chegou a final e saiu campeã do reality.

A maquiadora e advogada conquistou até agora mais de 23 milhões de seguidores no instagram, uma legião de fãs artistas e anônimos. A segunda ex-bbb mais seguida na rede social recebeu homenagens de vários artistas enquanto estava dentro da casa.

Sobre a paraibana, Tiago Leifert  disse: “Indecisa, sem noção, possessiva, frágil, caça-like, oportunista. Fora o que falaram na suas costas, isso eu não vou nem te falar. Tentaram te fazer louca, triste e má, você tem razão, Juliette. Quando te deixaram triste, você fez a gente dar muita risada. Você não caiu na armadilha de atacar um alvo fácil. Mas a verdade também que você nunca esteve sozinha, em nenhum momento. Você nunca mais vai sentir sozinha. Juliette, você é um fenômeno. Você é a campeã!”

WhatsApp Image 2021 05 04 at 15.53.27 - A PARAÍBA EM FESTA! JULIETTE FREIRE É CAMPEÃ DO BBB 21

Polêmica Paraíba - Publicado por: Suedna Lira

Morre o ator Paulo Gustavo

Ator e humorista Paulo Gustavo morre de Covid-19 no Rio de Janeiro, aos 42 anos de idade

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira (4), aos 42 anos, de complicações da Covid-19.

O criador de Dona Hermínia — e de outros personagens inesquecíveis — estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul.

A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (2). Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas. À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Nesta terça, novo boletim disse que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. Às 21h12, no entanto, foi constatada a morte de Paulo Gustavo.

Biografia

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

A primeira peça da qual participou foi “O surto”, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi no espetáculo que apresentou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia, que marcaria sua carreira para sempre.

A mãe superprotetora e hilária ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois.

Recorde de bilheteria

Somados, os três filmes de “Minha mãe é uma peça” venderam mais de 26 milhões de ingressos entre 2013 e 2020. O terceiro filme teve a maior arrecadação da história do cinema brasileiro, com R$ 182 milhões de bilheteria.

Além do sucesso de Dona Hermínia, o ator se destacou pelos filmes “Minha Vida em Marte” (2018) e “Os Homens São de Marte… e é para lá que eu vou” (2014), nos quais contracenou com a atriz e amiga Mônica Martelli. Ele interpretou o personagem Aníbal em ambas as comédias.

Carreira na TV

Na televisão, Paulo apresentou em 2011 o programa “220 Volts”, do Multishow. Dois anos depois, no mesmo canal, ele passou integrar o elenco da sitcom “Vai que cola”, vivendo o malandro Valdomiro Lacerda. O personagem foi um sucesso também na adaptação para o cinema, em 2015.

Ainda no Multishow, o ator protagonizou, ao lado de Katiuscia Canoro, a série “A vila”. Na produção, ele interpretou o ex-palhaço Rique.

Ele também foi o apresentador de várias edições do Prêmio Multishow.

Família

Paulo Gustavo se casou com o médico Thales Bretas em 2015. Após um processo de barriga de aluguel feito nos Estados Unidos, eles se tornaram pais de Romeu e Gael, de 1 ano de idade.

Apesar de a personagem mais famosa de Paulo Gustavo, Dona Hermínia, não ser biográfica, ela foi muito inspirada em Déa Lúcia Amaral, mãe do ator.

Em entrevista ao programa “Mais Você”, Paulo chegou a falar, com seu jeito bem-humorado, que a mãe só queria saber dos netos.

“Mamãe começou o VT falando que enlouqueceu sendo avó, como se ela já não fosse louca né? Ela fica do lado de Thales, prefere ser avó do que ser mãe”, brincou o ator.

Como forma de retribuir toda a contribuição da mãe para sua carreira, Paulo Gustavo Gustavo criou a peça “Filho da mãe”, na qual dividia o palco com Dona Déa para cantar e contar histórias.

Fonte: G1

terça-feira, 4 de maio de 2021

Cidades paraibanas recebem, hoje, mais vacinas contra a Covid-19

Mais de 113 mil doses contra o novo coronavírus são distribuídas aos 223 municípios paraibanos

Imunizantes chegaram nessa segunda-feira (03), no Aeroporto Internacional Castro Pinto, na Grande João Pessoa

Os 223 municípios paraibanos começaram a receber na manhã desta terça-feira (04) as 113.250 doses da Astrazeneca/Fiocruz contra a Covid-19. Os imunizantes chegaram nessa segunda-feira (3), no Aeroporto Internacional Castro Pinto, na Grande João Pessoa.

As doses desta 16ª remessa serão usadas no público que já está sendo imunizado, como profissionais de saúde, quilombolas, pessoas com Transtorno do Espectro Autista e Síndrome de Down a partir de 18 anos e pessoas com comorbidades.

Até o momento, 971.089 paraibanos já foram imunizados contra a doença, sendo 658.552 com a primeira dose e 312.537 com a segunda dose.

Paraíba Já

Mortes por coronavírus no Brasil passam de 408 mil

Brasil registra 1.054 mortes por Covid-19 em 24 horas e soma 408.829 óbitos em decorrência da doença

A média móvel agora se encontra em 2.375, queda de 16% em relação a duas semanas atrás


Brasil registra 1.054 mortes por Covid em 24h e passa dos 408 mil óbitos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou 1.054 mortes pela Covid e 37.451 casos da doença, nesta segunda-feira (03). Com isso, o país soma 408.829 óbitos e 14.791.434 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

Aos domingos, segundas e feriados, os números relativos à Covid costumam ser menores. Isso ocorre por atrasos de notificação nas secretarias de saúde, que, nesses dias, funcionam com equipes reduzidas em esquemas de plantão.

A média móvel agora se encontra em 2.375, queda de 16% em relação a duas semanas atrás. Com isso, o país completa 48 dias com média móvel acima de 2.000 mortes por dia e 103 dias com o dado acima de 1.000.

A média é um instrumento estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados. O dado é calculado pela soma das mortes dos últimos sete dias e pela divisão do resultado por sete.

Os dois últimos meses foram os mais letais da pandemia no Brasil até aqui. Em abril, foram mais de 82 mil mortes por Covid e em março, mais de 66 mil.

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

Foram atualizadas as informações repassadas sobre a vacinação contra a Covid-19 por 25 estados e o Distrito Federal.

Com os dados vacinais desta segunda, 20,08% da população com mais de 18 anos recebeu a 1ª dose da vacina contra a Covid e 10,12% recebeu a segunda.
Nesta segunda-feira, foram registradas 849.878 doses de vacina contra a Covid aplicadas, 440.826 primeiras doses e 409.052 segundas.

Já foram aplicadas no total 48.595.544 doses de vacina (32.316.507 da primeira dose e 16.279.037 da segunda dose), de acordo com as informações disponibilizadas pelas secretarias de Saúde.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Notícias ao Minuto

Mãe de cantora famosa é encontrada morta

Mãe da cantora Paula Toller, vocalista do grupo Kid Abelha, é encontrada morta em casa, no Rio de Janeiro

mae de paula toller e encontrada morta dentro de casa no rio - Mãe da cantora Paula Toller é encontrada morta em casa, no Rio

Laureana Conte de Carvalho, de 85 anos de idade, mãe da cantora Paula Toller, foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (03).

O Corpo de Bombeiros do 12º GBM, de Jacarepaguá, foi acionado por vizinhos para fazer o arrombamento da residência de Laureana, na rua Visconde de Asseca, na Taquara, na Zona Oeste do Rio.

Após a constatação do óbito, os bombeiros encaminharam o caso para a polícia, que providenciou a remoção do corpo para o IML, onde a causa da morte será determinada.

O caso foi registrado na 32ª DP (Taquara), onde a investigação está em andamento.

Vocalista do grupo Kid Abelha, Paula foi criada pelo pai e pelos avós paternos e não tinha contato com a mãe.

Fonte: G1 - Publicado por: Gerlane Neto

Ex de Zezé Di Camargo terá bens penhorados após decisão Justiça

Bens de Zilu Godoi, ex-mulher do cantor sertanejo Zezé Di Camargo, serão penhorados para pagar dívida de R$ 2,3 milhão

A empresária é sócia de um empresa que não honrou o pagamento de escavadeiras e tratores


Bens de Zilu Godoi serão penhorados para pagar dívida de R$ 2,3 milhão

A empresária Zilu Godoi Camargo, ex-mulher do sertanejo Zezé Di Camargo, terá seus bens penhoras após decisão Justiça de São Paulo. 

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal 'O Dia', a empresa a qual Zilu é sócia, junto com Danilo Augusto Barbosa Machado e Dorival Perez, a Construmax Terraplanagem Ltda, não honrou com o pagamento de bens móveis adquiridos com a empresa Epel – Empresa Paulista de Empreendimentos Ltda.

Os bens móveis, como uma escavadeira hidráulica, uma motoniveladora, trator de esteiras e trator de pneus, foram comprados em 2014 por R$ 2.330,778,71, mas nesse valor soma-se R$ 10 mil de multa. 

Ainda segundo a colunista, a Epel pediu que a Justiça decidisse com urgência pela penhora, pois, segundo eles, a empresa de Zilu estava praticando atos de dissolução.

Notícias ao Minuto

Anunciado um dos divórcios mais caros da história

Bill Gates, fundador da Microsoft, anuncia divórcio após 27 anos de casamento com Melinda; comunicado foi assinado por ambos


Bill e Melinda Gates anunciam divórcio após 27 anos de casamento

O casamento de 27 anos de Bill e Melinda Gates chegou ao fim. Uma separação que foi anunciada na rede social Twitter pelo fundador da Microsoft. 

"Depois de muito pensar e trabalhar, decidimos terminar o nosso casamento. Nos últimos 27 anos, criamos três filhos incríveis e construímos uma base que funcionada em todo o mundo para permitir que todas as pessoas levem uma vida saudável e produtiva", começou dizendo num comunicado assinado por ambos. 

Na mesma nota, destacam que vão continuar trabalhando juntos. No entanto, "não acreditam que possam crescer mais como casal nesta próxima fase das suas vidas". 

"Pedimos espaço e privacidade para a nossa família à medida que começamos a navegar nesta nova vida", completou. 

Vale destacar que o agora ex-casal somou até à data uma fortuna de 127 bilhões de dólares (mais de 650 bilhões de reais). De acordo com o Daily Mail, embora este seja um dos divórcios mais caros da história, não é o mais caro. Esse título é de Jeff Bezos, fundador da Amazon, que dividiu a fortuna de 150 bilhões de dólares com a ex-mulher, MacKenzie, em 2019, depois do seu caso com Lauren Sanchez ter sido revelado. 

Bill e Melinda Gates são pais de Jennifer, de 25 anos, Rory, de 21, e Phoebe, de 19. 

Notícias ao Minuto

Empresário aplica golpe de mais de 1 milhão de reais na Paraíba

PIRÊMIDE FINANCEIRA: Polícia da Paraíba procura empresário que desapareceu após aplicar golpe de mais de 1 milhão de reais em mais de 300 pessoas 

Capturar.JPGUJ  - R$ 1 MILHÃO: Polícia procura empresário que desapareceu após aplicar golpe em mais de 300 pessoas na Paraíba

Mais de 300 vítimas tiveram prejuízo acima de R$ 1 milhão com promessa de retorno do dinheiro aplicado em pirâmide financeira.

A Polícia Civil, através da Delegacia de Defraudações e Falsificação de João Pessoa investiga denúncias de um golpe que pode ultrapassar R$ 1 milhão. Diversas vítimas registraram boletins de ocorrências e criaram um grupo de WhatsApp com mais de 300 pessoas que participaram dos falsos investimentos que tinha como responsável o empresário Arlan Pereira Moura, desaparecido há mais de uma semana.

Arlan vendia supostos pacotes de investimentos na Bolsa de Valores, no inicio algumas pessoas tiveram o retorno esperado e divulgaram para amigos e familiares que também investiram. Aos clientes, Arlan Pereira Moura prometia pagar juros de 10% em cima do capital aportado.

Tinha gente que investiu alto e recebeu o retorno esperado por alguns anos, mas, há pessoas que só recebeu os 10% do valor investido por apenas três meses.

“Esse senhor enganava as pessoas afirmando que investia na bolsa de valores. A vítima depositava uma quantia X na conta dele e a partir disso tiraria 10% de juros em cima desse valor. Juntando tudo ele possuía uma quantia milionária nas mãos. Existem pessoas que estavam nesse esquema há mais de 5 anos. Agora ele fugiu deixando um prejuízo imensurável”, disse uma das vítimas.

Nesta segunda-feira (03) várias pessoas que foram vítimas de Arlan pretendem se reunir em frente a Central de Polícia para pedir agilidade na investigação.

O espaço fica aberto para a defesa do empresário.

Fonte: Portal do Litoral - Publicado por: Fabricia Oliveira

Após 2 meses internado, deputado federal da Paraíba vence a Covid

Damião Feliciano, marido da vice-governadora da Paraíba, se recupera do coronavírus e recebe alta após dois meses de internação - VEJA VÍDEO

damiao 750x375 1 - VÍDEO: Damião Feliciano se recupera da covid-19 e recebe alta após dois meses internado

O deputado federal Damião Feliciano (PDT) venceu a Covid-19 e, após dois meses de internação, recebeu alta do Hospital Sírio Libanês de Brasília.

A informação foi confirmada pela assessoria do parlamentar que informou que Damião já está em sua casa.

Damião testou positivo para a doença no mês de fevereiro passado e estava afastado das atividades parlamentares.

Acompanhado de sua esposa, a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), no momento em que saia do hospital ao som de We Are de Champions, do Queen, o parlamentar aproveitou para agradecer a Deus, aos amigos e familiares.

Confira no vídeo:


Fonte: Blog do Ninja - Publicado por: Fabricia Oliveira

Polícia recupera carro roubado por quadrilha na Serra de Teixeira

Cerca de 8 homens tomam veículo de assalto na Serra de Teixeira, Sertão da Paraíba, e agridem proprietário; polícia de Patos prende bandidos e recupera carro

Um idoso de 75 anos foi assalto em plena Serra de Teixeira, na região de Patos, no Sertão da Paraíba, na manhã desta segunda-feira (03), por cerca de oito homens. Ele teve o seu veículo, uma Toro branca, levado e, ainda, foi agredido junto com um passageiro que o acompanhava. Após o assalto, os assaltantes fugiram em direção a cidade de Patos.

No entanto, ao entrarem dentro do perímetro urbano da cidade, policiais que estavam em uma viatura da Polícia Militar, parada em um posto de combustíveis, avistaram o veículo em alta velocidade em direção a zona central.

De acordo com o Major F. Filho, os criminosos foram capturados próximo a linha férrea, no centro de Patos, e o veículo recuperado.

Confira a reportagem da TV Sol:

Portal TV Sol

Em quase dois meses, mortes por Covid-19 por dia no Brasil ficam abaixo de 1 mil

Após 56 dias, nesta segunda-feira o Brasil volta a ter menos de mil óbitos por Covid-19 em contagem diária

55454960 303 e1620089609153 - Após 56 dias, Brasil volta a ter menos de mil óbitos por covid

Nesta segunda-feira (03), o Brasil registrou 983 novos óbitos em decorrência da Covid-19, elevando o número total de vítimas fatais da doença para 408.622, informou o Ministério da Saúde. É a primeira vez em quase dois meses que a contagem diária de mortes fica abaixo de 1 mil. A última vez que isso aconteceu foi em 08 de março, também uma segunda-feira, dia da semana em que as cifras costumam ficar abaixo das normalmente registradas, uma vez que há represamento de testes aos finais de semana.

Também foram notificados 24.619 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país avançando para 14.779.529, de acordo com a pasta. O Brasil tem verificado uma estabilização de seus índices da pandemia, embora com patamares elevados. O país é o segundo com maior número de óbitos pela doença, atrás somente dos Estados Unidos, e o terceiro em termos de casos, abaixo de EUA e Índia.

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Luta do prefeito de São Paulo contra o câncer

Bruno Covas é transferido para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês após sangramento no estômago

frm20201119120 - Bruno Covas é transferido para UTI após sangramento no estômago

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi transferido nesta segunda-feira (03) para uma unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, após a descoberta de um sangramento no estômago.

A transferência para a UTI foi decidida após um exame de endoscopia verificar que o sangramento era causado por uma úlcera, em cima do tumor original que ele enfrenta na cárdia, que é a passagem do esôfago para o estômago. Segundo o médico David Uip, que compõe o corpo clínico que cuida do prefeito, o sangramento foi controlado pelo endocopista.

Por causa da mudança do quadro e da transferência para a UTI, as sessões de quimioterapia e imunoterapia que o prefeito faria nesta segunda (03) foram suspensas e não devem acontecer nos próximos dias. A análise dos médicos é de que esse tipo de sangramento não é desejável, mas faz parte de um quadro de tratamento que o prefeito passa atualmente.

Internação

Covas foi internado na tarde deste domingo (2) para cuidar de efeitos adversos do tratamento que enfrenta contra novos focos de câncer, através de sessões de imunoterapia e quimioterapia. Por causa do tratamento, ele anunciou um pedido de afastamento do cargo por 30 dias.

Em entrevista à rádio CBN na manhã desta segunda (03), o médico David Uip, afirmou que ele teve náuseas e vômitos no fim de semana e a equipe médica optou por adiantar a internação dele preventivamente.

“O prefeito teve sintomas neste fim de semana próprios de quem recebe tratamento quimioterápico e imunoterápico. Ele teve náuseas, perspectiva de vômitos. Então, nós optamos por interná-lo para anteciparmos exames e para também avaliar a possibilidade do segundo ciclo de químio e imunoterapia”, afirmou Uip.

O médico também disse que o câncer de Bruno Covas teve uma evolução e novos focos de tumor foram encontrados na região dos ossos da bacia e da coluna. 

“Aumentaram o número de tumores no fígado e em outros lugares. E apareceram em dois outros locais também: na bacia e na coluna. (…) Como é um tratamento muito poderoso, você sempre trata com a efetividade do tratamento versus o efeito colateral. Então, nós estamos muito atentos e preferimos que ele viesse para o hospital ontem mesmo por conta disso. De um lado para avaliar a efetividade do tratamento, de outro, para avaliar os efeitos colaterais desse tratamento”, declarou Uip.

Afastamento por 30 dias

Bruno Covas (PSDB) decidiu se licenciar por 30 dias do cargo para dar continuidade ao tratamento que enfrenta contra um câncer no sistema digestivo. A licença foi anunciada em comunicado publicado nas redes sociais neste domingo (02).

“Nesses últimos meses, a vida tem me apresentado enormes desafios. Tenho procurado enfrentá-los com fé, cabeça erguida e com muita determinação. (…) Nesse momento, com muita força e foco que preciso colocar na minha saúde, fica incompatível o exercício responsável de minhas funções como Prefeito de São Paulo, por isso, vou solicitar à Câmara de Vereadores uma licença do cargo pelo período de 30 dias, para me dedicar integralmente à minha recuperação”, disse Covas.

Com a decisão, o vice-prefeito da cidade, Ricardo Nunes (MDB), assumiu a gestão da cidade nesta segunda-feira (03).

Na carta publicada nas redes sociais, Bruno Covas disse que confia no vice para dar continuidade ao plano de governo dele, “priorizando o combate à pandemia e seus efeitos”.

Fonte: G1 - Créditos: Polêmica Paraíba - Publicado por: Suedna Lira