quarta-feira, 11 de abril de 2018

Reintegração de posse do terreno da família de senador paraibano

Tribunal de Justiça determina reintegração de posse em fazenda da família Maranhão


O Tribunal de Justiça determinou nesta quarta-feira (11) a reintegração de posse do terreno da família Maranhão, que foi ocupado pelos Manifestantes do Movimento Sem Terra (MST) na última terça-feira (10). O grupo tem até 24 horas para desocupar o local.
De acordo com a assessoria do MST, a polícia já se encontra no local. Os oficiais informaram que caso os manifestantes não cumpram a determinação, a Força Tática será acionada para intervir.
O movimento afirma não receber informação com surpresa. “Estamos em um país que a Justiça funciona quando convém para a direita. Já era esperada essa reintegração de posse”, analisa Eva Dilma, que integra o movimento.
No local, cerca de 200 famílias ocupam as terras. Uma reunião entre os participantes do movimento deve definir os próximos passos do grupo, que ainda analisa se deixa ou não a propriedade.
Integrantes do MTST ocuparam duas fazendas na Paraíba. A Fazenda Patrocínio, pertencente a Fazenda São João, em Cruz do Espírito Santo, na Zona da Mata,  e a Fazenda Volta, em  Tacima, no Agreste paraibano.
MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário