sábado, 4 de novembro de 2017

Uma Festa de Outubro em Juru para (não) se esquecer

SHOWS MUSICAIS COM BANDAS QUE NÃO AGRADARAM, ALÉM DE CRÍTICAS E DEBOCHE, MARCARAM FESTA DE OUTUBRO EM JURU

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre
Foto: Drone de Marquinhos Alves
Mesmo já tendo se passado oito dias da realização da tradicional FESTA DE OUTUBRO, que aconteceu no último sábado (29) na cidade de Juru, no Sertão da Paraíba, ainda repercutem pelas redes sociais comentários a respeito das bandas contratadas pela Prefeitura Municipal para tocar no evento. 
Tradicionalmente realizada no último final de semana de outubro, a festa acontece em homenagem à Santa Terezinha do Menino Jesus, padroeira da cidade, com participação maciça do povo do município e de turistas e visitantes de toda a região e estados vizinhos.
Embora esse ano não tenha sido diferente, tendo participado milhares de pessoas, a maioria dos que compareceram ao evento criticaram a péssima qualidade dos shows musicais apresentados. Um turbilhão de críticas quase que unânimes que incomodou pessoas ligadas à administração local, que questionaram aqueles que demonstraram insatisfação com as bandas contratadas, como se essas contratações não fossem pagas com recursos públicos, ou seja, com dinheiro do próprio povo.
Apesar da festa ter sido realizada em praça pública e paga com dinheiro do contribuinte, não faltou, inclusive, quem sugerisse que aqueles que não gostaram das bandas tivessem ficado em casa, além de debochar que a prefeitura iria trazer bandas internacionais no próximo evento numa total falta de respeito aos juruenses, além de faltar humildade a quem participa de um poder imaginando que este seja eterno.  
Saudades do tempo em que a população era ouvida e a prefeitura de Juru contratava bandas do porte de Magníficos, Brasas do Forró, Sirano & Sirino, Vicente Néry & Cheiro de Menina, Líbanos, Tropycália, Rita de Cássia & Redondo, Flor da Pele e Arreio de Ouro, dentre outras contratadas sem a intermediação de agiotas travestidos de empresários, que trazem bandas medíocres e recebem valores superfaturados.
Aliás, pela suntuosidade do palco montado em praça pública no último sábado, esperava-se shows musicais do nível de Leonardo, Jorge & Matheus, Bruno & Marrone, Zezé Di Camargo & Luciano, ou outros cantores famosos semelhantes. Contudo, ante a impossibilidade financeira da contratação destes, as 'pratas de casa' Luiz Arranca Toco ou Neguinho dos Teclados teriam agradado muito mais do que aquela 'batucada' apresentada durante toda a noite que deixou muita gente com dor de ouvido.
Suntuoso palco montado em praça pública, na cidade de Juru - PB, em 29 de outubro, para realização da tradicional FESTA DE OUTUBRO 

Um comentário: