quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Covardia conrta ex desembargador paraibano

Deputado revela indignação com acusação contra desembargador Paulo Gadelha: “Acusam um morto para proteger vivos”

Publicado por: Amara Alcântara 
O deputado João Henrique (DEM) foi o primeiro político a se indignar com as acusações contra o ex desembargador Federal Paulo Gadelha. O parlamentar achou uma covardia as ilações e as acusações contra o paraibano. O deputado João Henrique (DEM) declarou que se sente profundamente triste, por ver a honra de Gadelha manchada dessa forma.
A ACUSAÇÃO:
A Operação Alcmeon, baseada em Natal, colocou o nome do desembargador Paulo Gadelha como acusado por ter recebido R$100 mil em um esquema de venda de habeas corpus.
Para o deputado, as investigações devem apontar numa “outra direção”. Ele revela que conheceu o falecido desembargador desde criança em Sousa: “Ele era uma pessoa íntegra de caráter inibalável. É covardia acusar um homem morte, que não tem a chance de se defender”.
Para João Henrique esta acusação contra Paulo Gadelha é para proteger alguém. “Acusam um morto para proteger vivos”, finalizou.
Polêmica Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário